a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Esportes

Publicidade

ACBF vence Minas no tempo normal e na prorrogação e vai às quartas da LNF

Derrotado no primeiro jogo em Belo Horizonte, time gaúcho faz 3 a 0 nos 40 minutos e repete o placar no tempo extra, passando das oitavas. Foz Cataratas será o próximo rival

Por: Asscom
Fotos: Ulisses Castro/
IMG-20171006-WA0012

Depois de perder por 3 a 1 para o Minas em Belo Horizonte, o Carlos Barbosa precisava vencer o rival nesta sexta, na Serra Gaúcha, para forçar a prorrogação e seguir com chances de classificação. Dito e feito. Depois de fazer 3 a 0 no time mineiro nos 40 minutos regulamentares, a ACBF repetiu o placar no tempo extra, carimbando o passaporte para as quartas de final da LNF. O adversário na próxima fase será o Foz Cataratas, que eliminou o Pato Futsal com duas vitórias. As datas das partidas ainda não foram definidas.

A equipe do técnico Marquinhos Xavier começou em cima, criando muitas chances no início da partida. O Minas fiinalizou pela primeira vez aos cinco minutos, num chute de Caio defendido por Léo Oliveira. Aos seis, foi a vez de Willian colocar o goleiro barbosense para trabalhar em finalização após contra-ataque. Dois minutos depois, o Carlos Barbosa teve ótima oportunidade para marcar, mas Bianchini conseguiu salvar o Minas após bola na trave de Di Maria.

Aos 15, Alemão arriscou de longe, e lá estava Bianchini para evitar o gol novamente. No lance seguinte, porém, não teve jeito. Após receber passe de Di Maria, Alemão soltou um foguete de bico fazendo 1 a 0 para a ACBF. Mesmo em vantagem, o time gaúcho seguiu pressionando. Aos 18, Felipe Valério invadiu a área adversária, mas Bianchini saiu da meta para fazer a defesa. No minuto final, o Carlos Barbosa teve a chance do segundo em tiro livre direto. Na cobrança, João Salla mandou no ângulo, marcando o segundo.

Se a situação do Minas já era ruim, ela ficou ainda mais complicada nos minutos iniciais do segundo tempo. Depois de perder Willian, expulso, o time de Belo Horizonte viu Bruno Souza marcar 3 a 0 para os gaúchos. Com a vitória praticamente sacramentada, o Carlos Barbosa passou a administrar o resultado, guardando forças para a prorrogação. Aos 14, Caio arrancou sozinho e bateu para fora na saída de Léo Oliveira. Foi o último momento de emoção do tempo normal.

A prorrogação mal começou, e o Carlos Barbosa já saiu na frente. Em contra-ataque em velocidade, Alemão rolou para João Salla, que só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo do barbante. Aos dois minutos, Bruno Souza tratou de fazer o segundo, aproveitando o goleiro-linha do Minas. Com o jogo na mão, a ACBF tratou de se fechar atrás, neutralizando os ataques do rival. Para fechar completamente o caixão, Kevin chutou de longe para marcar o terceiro gol do time laranja.

Carlos Barbosa: Léo Oliveira, Alemão, Bruno Souza, Di Maria e Kevin. Entraram: Henrique, João Salla, Felipe Valério, Julio Zanotto, Dener, Rafa, Vini, Dudu e Fabinho. Técnico: Marquinhos Xavier.

Minas: Bianchini, João, Willian, Gessé e Zequinha. Entraram: Anderson, Dil, Caio, Pequeno, Tom, Augusto, Bruno, Luís e Renato. Técnico: Paulinho Cardoso.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE