a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Fábio Pinotti

Planejamento Tributário II

Navegar em aguas calmas, qualquer marujo navega, mas basta o mar agitar-se para diferenciar o capitão de cada embarcação, assim podemos comparar os diretores, sócios e empresários de cada empresa. Diante do atual cenário econômico que vivemos, quero chamar a atenção dos empresários e gestores para um ponto importante na gestão da empresa, o planejamento tributário, que por muitas vezes é ignorado ou despercebido, por falta de conhecimento.

Acompanhando alguns estudos tributários realizados em organizações de pequeno e médio porte, através de consultorias e até mesmo trabalhos acadêmicos, percebe-se a falta de conhecimento dos gestores nessa área, diante disto, sugiro que cada gestor destine algumas horas do mês para esclarecer essas dúvida com contador, busque mais informações, sobre os processos de compra e venda, operações interestaduais, folha de pagamento, e atividade principal que a empresa exerce, e até mesmo como depreciação do imobilizado poderia contribuir com a minimização da carga tributária, uma vez que todos esses tópicos citados tem relação direta com impostos pagos.

Sendo três os principais regimes tributários, Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real, o Simples Nacional mesmo com alíquota baixa, e gradativa por faturamento, não é a garantia que irá pagar menos impostos, cada caso é um caso, e merece atenção na elaboração de um planejamento tributário.

Publicidade
Publicidade