a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Cultura

Publicidade

Cadastro de artistas de Erechim já possui prazo de encerramento

O cadastro seguirá até o dia 30 de janeiro.

Por: Assecom
Fotos: Divulgação
Atria1

Neste ano a cidade de Erechim completa 100 anos e para comemorar esta data estão previstas diversas atividades culturais durante o ano. A Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo tornou público recentemente o cadastro de artistas que visa coletar informações a respeito dos proponentes culturais locais e de seus projetos. O cadastro encerra no dia 30 de janeiro e já foi preenchido e entregue na sede da secretaria por alguns artistas e entidades. A iniciativa visa atualizar o banco de dados da pasta, tendo em vista os eventos propostos para este ano.

De acordo com a Lei Legislativa Municipal 204/2017, a secretaria fica incumbida de promover a organização e adotar as providências relativas ao cadastramento dos artistas locais. Para a secretária municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Vanir Clara Bernardi Bombardelli, que acumula também a secretaria municipal de Educação, o cadastramento oportuniza saber quem são os artistas, em quais áreas atuam e quais são seus projetos, para que seja possível oportunizar espaço para a manifestação artística. “Tendo em vista a legislação recentemente proposta pela Câmara de Vereadores, que visa regulamentar a participação de artistas locais em eventos promovidos pela cidade, o cadastro permite saber quem são os artistas, quais seus projetos, e como podem ser contratados, oportunizando que mostrem seu trabalho, enriquecendo a cultura da cidade neste ano do centenário”.

Para o bacharel em Regência Coral pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Eduardo Trierveiler, a iniciativa possibilita conhecer o artista e seu segmento de trabalho. “Saber quem está por dentro de cada área artística facilitará o planejamento de diversos eventos no município com uma série de diversidades culturais”, disse. Em 2017, Eduardo participou com seu projeto, o Da Capo Coral, no Festival de Coros promovido pela Secretaria Municipal de Educação em alusão aos 99 anos de Erechim. “Foi minha primeira apresentação em evento oficial da administração municipal depois de meu retorno de Porto Alegre, onde estava estudando música. Foi gratificante mostrar e divulgar meu trabalho e formação para os munícipes que estavam naquele festival”, explica.

A banda, Atria, fez sua primeira apresentação em um evento público realizado no Centro Cultural 25 de Julho em 2016, e desde então vem mantendo a atividade com shows pela cidade e região. Para o vocalista e guitarrista, Gabriel Bosi, o cadastro pode facilitar a organização de eventos sendo uma forma de encontrar pessoas realmente interessadas em expor seus projetos culturais. “Acredito que o cadastro torne um pouco mais fácil a organização de eventos. É um bom meio para encontrar pessoas que realmente querem trabalhar com isso. O ideal seria a cidade apoiar artistas locais e em todos os eventos ter pessoas da cidade se apresentando, seja como atração principal ou não, e também ir sempre procurando por novos artistas e estilos, assim todos têm uma chance de mostrar seu talento. Erechim é uma cidade rica em cultura”, salienta.

O guitarrista, Diogo Nestor, é formado em Música pela Universidade de Passo Fundo (UPF), e atualmente prepara o lançamento de seu segundo álbum instrumental, tendo produzido seus dois trabalhos de forma independente. O músico já participou de alguns eventos públicos com seu projeto solo e também com bandas. Diogo acredita que o cadastro pode promover um crescimento cultural para a cidade, já que pode proporcionar a ampliação de plateias para eventos culturais. “Acho importante que exista uma relação entre os artistas locais, assim como dos seus segmentos, pois existem muitas formas de difundir a cultura local, e um primeiro passo é ter consciência de toda a classe de artistas, que se encontra em atividade, para assim dar continuidade no processo de movimentação cultural”, afirma.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade