a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Agronegócio

Publicidade

Cooperalfa chega firme ao Alto Uruguai

Cooperativa passou a atuar no Alto Uruguai a partir do aluguel de unidades da Cotrel e aquisição do setor de grãos da Sementes Estrela

Por: ivanor
alpha cotrel (1)

Ao adquirir o setor de grãos da Sementes Estrela e alugar oito unidades da Cotrel, a Alfa iniciou sua operação no Alto Uruguai. A Alfa comprou por R$ 44 milhões (1,5% do faturamento global previsto para 2017) o setor de grãos do da Sementes Estrela & Futura Agrícola, com sede em Erechim, RS. São sete unidades de secagem e armazenamento de grãos em Erechim, Paulo Bento, Quatro Irmãos, Erebango, Três Arroios, Áurea e Viadutos e já nesta safra será possível receber trigo e outros cereais.

O presidente da Cooperalfa afirma que a produção de leite da região, bem como a de suínos e aves que dos produtores que aceitarem o modelo de negócios da Cooperalfa, continuará sendo industrializada pela Aurora Alimentos. “Rações, concentrados, milho aos integrados, adubos, sementes, ferramentas e tudo o que o campo profissionalizado requer, teremos a ofertar”, garantiu Bet, “com o diferencial de que, nossas equipes, buscam o que se chama de venda ética”. O líder cooperativo, que é natural de Antonio Prado, RS e migrou a SC bem jovem, se refere à adição de valor em favor da classe agrícola que deseja melhorar posturas produtivas.

Alfa aluga oito unidades da Cotrel
Em maio de 2017 a Alfa anunciou também o aluguel de oito unidades da Cooperativa Tritícola de Erechim – Cotrel, para atendimento aos agricultores e demais públicos em Erechim, Polígono, Barra do Rio Azul, Severiano de Almeida e Gaurama, mais um Posto de Resfriamento de Leite da Cotrel e outras duas unidades de vendas locadas de terceiros, em Aratiba e Viadutos. Todas as lojas deverão estar em perfeito funcionamento em algumas semanas. Estrutura humana e física estão sendo providenciadas. “Com essa estratégia, são 15 novos CNPJs e a Alfa passa a interagir tecnicamente com os proprietários de 300 aviários, mais 300 suinocultores – que somam perto de 16 mil matrizes -, e diretamente com 277 produtores de leite”, informou o supervisor de filiais, Jorge Brock. “A meta para 2018, é superar os R$ 300 milhões de receita bruta no RS”, alinhou Brock, “10% do volume total de negócios deste ano. Hoje, já são mais de mil associados de Erechim e municípios próximos”.

Tanto os funcionários das oito unidades alugadas da Cotrel, quanto os atuais da Sementes Estrela área de grãos, foram ou estão sendo avaliados psicológica e tecnicamente pela equipe especializada em RH da Alfa e, tendo qualificação e necessidade, foram ou serão priorizadas as respectivas contratações. É o caso de Vilson Gasparin, ex-funcionário da Cotrel por 22 anos, agora contratado pela Cooperalfa para a área de vendas na loja de Erechim, 64 anos de idade que, com extensa alegria, falou: “Vai ser de uma influência muito grande, pois todos pediam a Alfa aqui no RS. Com esse negócio da Sementes Estrela, completou a dose. Os agricultores queriam que a Afla ´pegasse´ todas as filiais da Cotrel, já que é uma região forte em grãos e leite. Sempre me pediam há muito tempo. Agora, temos a resposta correta e todos respiram mais aliviados. Já em outubro desse ano, grande parte do trigo vem pra Alfa”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE