a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Agronegócio

Publicidade

Curso de Erva-Mate na Gastronomia acontece no Cetre em Erechim

Um grupo de 13 pessoas, entre produtores, merendeiras e agricultores, está em Erechim participando do curso de Erva-Mate na Gastronomia, promovido pelo Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate) e Emater/RS-Ascar, e que acontece no Centro de Treinamento de Agricultores de Erechim (Cetre). O curso, com 16 horas/aula, acontece nesta terça e quarta-feira (24 e 25/10). Os […]

Por: Asscom
ER Abertura do curso

Um grupo de 13 pessoas, entre produtores, merendeiras e agricultores, está em Erechim participando do curso de Erva-Mate na Gastronomia, promovido pelo Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate) e Emater/RS-Ascar, e que acontece no Centro de Treinamento de Agricultores de Erechim (Cetre). O curso, com 16 horas/aula, acontece nesta terça e quarta-feira (24 e 25/10).

Os participantes receberam as boas-vindas do gerente regional da Emater/RS-Ascar, Gilberto Tonello, do coordenador do Cetre, Jorge Silvano Silveira, e do presidente do Ibramate, Valdir Zonin. As orientações teóricas e práticas estão sendo ministrada pela extensionista aposentada da Emater/RS-Ascar, Ludmila Gallon.

Também estão previstas mais duas edições do curso, com turmas na quinta e sexta-feira (26 e 27/10) e outra que inicia nesta terça- feira e prossegue até sexta-feira, com aulas à noite, das 19h às 22h. Em dezembro devem acontecer mais três edições do curso.

O objetivo é capacitar multiplicadores na região do Alto Uruguai com a finalidade de desenvolver ações nos municípios, incentivando a utilização da erva-mate na gastronomia e incentivar seu uso através de políticas públicas institucionais, como a alimentação escolar. Erva-mate (a Ilex paraguariensis) é uma planta com 190 propriedades medicinais e nutritivas catalogadas.

Além do tradicional chimarrão e do tererê, Zonin observa que novos produtos elaborados a partir de erva-mate têm sido lançados no mercado, como chás, sucos, energéticos, cápsulas concentradas, doces e salgados diversos e cosméticos.

Em relação à Legislação Estadual, conforme Audiência Pública da Erva-Mate realizada na última Expointer, ficou definida pela Frente Parlamentar da Erva-Mate a criação de lei específica de incentivo aos sucos e gastronomia com erva-mate na alimentação escolar, compras institucionais e repartições públicas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE