a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Ciência

Publicidade

Especialistas projetam ações para conservação de grandes felinos

Onça pintada (Panthera onca) aparece como criticamente em perigo na Lista da Fauna Ameaçada de Extinção do RS

Por: Assecom
Fotos: Sergio Bavaresco/Sema
upload-20161216174439onca

Diminuir a vulnerabilidade da onça pintada e da onça parda no Brasil é a principal meta dos especialistas de grandes felinos no País. Eles se reuniram para intensificar traçar ações de proteção para os próximos cinco anos durante a Oficina de Elaboração do Plano de Ação Nacional para a Conservação dessas espécies. A Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável integrou o debate a convite do Centro Nacional de Conservação de Mamíferos Carnívoros (Cenap) do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

A médica veterinária Thais Michel, chefe do setor de Fauna da Sema, afirmou que se trata de um tema sensível aos pesquisadores gaúchos. “A participação na elaboração do PAN de Grandes Felinos é de grande importância para o Rio Grande do Sul, pois ambas as espécies são consideradas ameaçadas de extinção”, ressaltou.

Na Lista da Fauna Ameaçada de Extinção do RS, a onça pintada (Panthera onca) aparece como criticamente em perigo, sendo o animal com maior possibilidade de perda de habitat no bioma Mata Atlântica. Hoje, estima-se que haja 5 ou 6 onças pintadas no Estado, todas na área do Parque Estadual do Turvo.

Já a onça parda (Puma concolor) está descrita como em perigo, ameaçada principalmente por caça e atropelamento. Apesar de originalmente ter ocorrência em todo o estado, sabe-se muito pouco sobre a atual distribuição da espécie, principalmente na área do bioma Pampa.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE