a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Vida

Publicidade

Procedimento inédito é realizado no Hospital de Caridade de Erechim

Artroplastia de ATM com uso de âncora foi realizada por cirurgiãobucomaxilofacial do Hospital Sírio Libanês

Por: Asscom
Fotos: Divulgação HC
Vanderlei Bottega, Guilherme Omizzolo,  Fernanda Algarvel, Rogério Soliman e Roberto Zanin

Um procedimento inédito no Norte do Estado do Rio Grande do Sul foi realizado em 22 de agosto, no Hospital de Caridade de Erechim: uma Artroplastia de ATM (articulação temporomandibular) com uso de âncora (Discopexia). A cirurgia foi realizada pelo doutor especialista em cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial do Hospital Sírio Libanês, Guilherme Omizzolo, que veio a Erechim a convite doortodontista Rogério Soliman e do cirurgião dentista Vanderlei Bottega, que também participaram da cirurgia.

A técnica utilizada no procedimento foi aprendida e aperfeiçoada no exterior. A especialização foi cursada nos EUA, com o doutor Louis Mercuri, referência mundial na aplicação da técnica, e também com outros especialistas na China, no Egito e na Alemanha.

Segundo o Dr. Guilherme, a cirurgia realizada no HCfoi a de número 223 e durou aproximadamente duas horas. Os casos não são raros, mas o diagnóstico sim. A paciente é uma jovem de 13 anos. Participaram ainda do procedimento a anestesista Fernanda Algarve e o cirurgião-dentista emestre em Cirurgia Bucomaxilofacial,Roberto Zanin, da PUCRS, que faz a catalogação dos pacientes com tal problema.

“O disco articular fora de posição ocasiona dores crônicas. Este procedimento cirúrgico endaural coloca o disco novamente na posição correta e reabilita sua função”, explica o Dr. Guilherme Omizzolo.Todos os instrumentais utilizados na cirurgia são do Dr. Guilherme Omizzolo.

 

ARTICULAÇÃO TEMPOROMANDIBULAR – ATM

Os atos de falar, mastigar, deglutir e bocejar exigem o trabalho de uma das articulações mais complexas e fundamentais do corpo humano, a articulação temporomandibular (ATM), que liga a mandíbula ao crânio e está relacionada a diversos fatores que garantem bem-estar e qualidade de vida. Quando algo não vai bem, no entanto, essa articulação pode ser sobrecarregada, sofrer traumas ou apresentar processos inflamatórios, infecciosos, autoimunes e degenerações.

Dificuldade ao mastigar e falar, estalos ao abrir e fechar a boca, dores de cabeça, dor ou zumbido nos ouvidos, pressão perto dos ouvidos, espasmos musculares na face e problemas para dormir são alguns dos sintomas que podem indicar as disfunções da ATM, segundo o cirurgião bucomaxilofacial Guilherme Omizzolo. Ele ressalta que é preciso estar atento aos sintomas e buscar a avaliação de um especialista para determinar o correto diagnóstico e o tratamento adequado.

O diagnóstico, de acordo com o especialista, é obtido após exame clínico e um detalhado histórico do paciente, com base em informações sobre seu estilo de vida, nível de estresse, se range ou aperta os dentes, uso de aparelhos ortodônticos, entre outros fatores, conjugados a exame de ressonância magnética. “A ressonância magnética é considerada o exame mais importante, pois viabiliza um diagnóstico mais minucioso e preciso”, conclui.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE