a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Queermuseu também vira assunto em Erechim

Presidente da Câmara quer que livro sobre a mostra polêmica seja retirado do acervo da Biblioteca Pública Municipal

Por: Da Redação
queer museu livro

A mostra Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, que gerou polêmica ao ocorrer no Santander Cultural em Porto Alegre, virou assunto também em Erechim. Isso porque, a exposição também virou livro, que foi distribuído para bibliotecas públicas do RS. A Biblioteca Pública de Erechim conta com um exemplar em seu acervo, e o vereador Ale Dal Zotto, também presidente da Câmara, quer que esse único exemplar seja devolvido.

Na sessão da Câmara desta segunda-feira, dia 16, Dal Zotto terá dois pedidos relativos à obra submetidos à análise dos legisladores municipais. Um deles é para o envio de uma moção de repúdio contra a exposição realizada em Porto Alegre. O outro é um pedido de providências, em que solicita à Secretaria da Educação e à Biblioteca Pública Municipal que efetuem a retirada do exemplar “Queermuseu – Cartografias da Diferença na Arte Brasileira, do acervo da Biblioteca Pública, e posteriormente a devolução ao Museu Santander Cultural, por conter conteúdo, segundo o vereador “extremamente ofensivo às crianças e às famílias, fazendo apologia à pedofilia, à zoofilia, além de conteúdo altamente pornográfico”.

O registro das exposições em livros é comum, bem como o envio às bibliotecas públicas do Estado. O único exemplar do livro está cadastrado na Biblioteca Municipal Gladstone Osório Mársico na sessão Arte Museus. A publicação contém imagens e explicações das obras que estavam na exposição, que foi cancelada antes do previsto, devido a protestos em relação a algumas obras.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE