a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Política

Publicidade

Sandra Picoli solicita envio de moção de repúdio ao chamado “Distritão”

Este projeto está em tramitação e o próximo passo é a votação do mesmo na Câmara dos Deputados.

Por: Ascom
Sandra Piccoli

A vereadora Sandra Picoli, do PCdoB, protocolou na secretaria da Câmara Vereadores uma moção de contrariedade a proposta de reforma eleitoral: o Distritão, que altera a maneira de realizar as eleições para deputados federais, estaduais e vereadores.

Atualmente somando os votos válidos nos candidatos e no partido ou coligação, é calculado o quociente eleitoral, que determinará o número de vagas a que esse partido ou coligação terá direito. Os eleitos são os mais votados dentro do partido ou coligação, de acordo com o número de vagas. Já com o Distritão, passa a vigorar o voto majoritário, onde os eleitos serão aqueles que obtiverem maior número de votos.

Sandra comenta que essa medida vai encarecer as campanhas individuais e somente os candidatos mais conhecidos conseguirão se eleger, dificultando o surgimento de novos nomes na política. “Ao mesmo tempo em que o modelo daria força aos candidatos individualmente, tenderia a enfraquecer os partidos acabando com qualquer incentivo ao esforço partidário coletivo e com o voto na legenda. ”

A vereadora reitera que a ideia comprometeria o trabalho sério que os partidos desenvolvem dentro de cada região. “ Os partidos terão que apresentar  candidatos com forte base regional e apelo individual, e se favorece a individualização, enfraquece ainda mais a ideia de uma campanha séria e baseada em propostas”, finaliza.

Este projeto está em tramitação e o próximo passo é a votação do mesmo na Câmara dos Deputados.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE