a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Esportes

Publicidade

Ypiranga vence o Santos em jogo histórico no Colosso da Lagoa

Partida marcou ainda a apresentação oficial da equipe do Canarinho ao torcedor

Por: Edson Castro
Fotos: Edson Castro
ypi x santos (12)

Uma noite para entrar para a história. O dia 18 de janeiro de 2017 ficará marcado pela primeira vez em que Ypiranga e Santos se enfrentaram na história do futebol. Pode não ter sido contra a equipe principal dos paulistas, mas a camisa oficial do time santista, marcou a volta do time de Pelé ao Colosso da Lagoa, 46 anos depois.

Em 1970, no mês de setembro, o Santos, do “rei” Pelé, vencia o Grêmio na inauguração do estádio erechinense. E nesta quarta, o Santos, com sua equipe “B”, foi o adversário do primeiro amistoso do Canarinho em casa na temporada 2017. De quebra, o torcedor, pouco mais de duas mil pessoas, ainda viu o time vencer: 1 a 0, gol logo a 1min45 da primeira etapa, marcado pelo estreante Araújo.

Antes do jogo, apresentação de todos os atletas e comissão técnica do Canarinho. O locutor do estádio foi chamando um a um os jogadores e assim o torcedor pode conhecer as novas “caras” do elenco erechinense.
E o treinador Carlos Moraes começou a identificar também a equipe que ele julga poderá ser a base titular para os primeiros jogos do Gauchão.

Na primeira etapa, o time teve em campo Carlão, o lateral direito Marcio, o esquerdo Vinicius e os zagueiros Negretti e Tairone formando a defesa. Araújo e Henrique foram os volantes com Diego Torres e Kaio Willker no meio de campo. O ataque teve dois homens, Eder e Michel.

E o time erechinense começou o jogo de maneira eletrizante. Logo a 1min45, Vinicius saiu bem pela esquerda e cruzou no meio da área onde estava Araújo, bem posicionado, chutou sem chances para o goleiro e definiu a jogada: 1 a 0.

Apesar do começo eletrizante, o santos conseguiu equilibrar a partida nos minutos seguintes. A 19min, Carlão fez importante defesa em levantamento para área.

Michel quase marcou o seu aos 22min, quando cabaceou na trave o cruzamento de Eder. A 41min40 Ourinho levantou no meio da pequena área na cabeça de Carlos Alberto. Mas, Carlão, a queima roupa fez bela defesa. Dois minutos mais tarde, foi a vez de Gaspareto fazer boa defesa na conclusão de Michel.
Na etapa final, os dois times mudaram praticamente toda a equipe com o passar do tempo. Carlos Moraes optou por fazer testes e colocou boa parte do elenco disponível em campo. E as melhores chances foram novamente do Canarinho, ao menos duas delas com Maycon. Mas o placar final acabou mesmo em 1 a 0.

Confira a cobertura completa do jogo em nosso jornal impresso, que circula em Erechim e região na manhã desta quinta-feira.

Bancas em Erechim: Avenida Maurício Cardoso (canteiro central) e Bankat (Master Sonda Shopping)

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE