- Atmosfera On.line - https://atmosferaonline.com.br -

Acordar cedo não é tão bom quanto pensamos

Acreditamos que acordar cedo [1] nos permitirá ter um dia mais produtivo. Mas é realmente assim? Para algumas pessoas, acordar cedo pode não ser tão produtivo assim.

Nossos relógios biológicos são diferentes, portanto, os ciclos circadianos são mais longos em algumas pessoas do que em outras. Katharina Wulff, bióloga da Universidade de Oxford, acredita que forçar as pessoas a mudar seus ciclos naturais pode ser prejudicial. Quando o ciclo circadiano é interrompido, o corpo continua a produzir melatonina [2] durante a manhã. Isso tem vários efeitos negativos, como ansiedade, baixa concentração e problemas em adormecer.

Além disso, outro estudo realizado pela Universidade de Westminster mostrou que, as pessoas que acordam cedo tendem a ter níveis mais altos de estresse, enxaqueca, dores musculares, resfriados e mau humor. Como eles mostraram isso? Muito simples! 

Os voluntários participantes do estudo, um total de 42 pessoas, tiveram uma amostra de saliva colhida oito vezes ao dia por 48 horas. A primeira amostra que foi tirada logo após levantar-se revelou fatos interessantes: as pessoas que acordaram antes das 7h30 da manhã tinham um nível de cortisol (também conhecido como hormônio do estresse) muito mais alto do que as pessoas que acordavam mais tarde, e isso foi mantido ao longo do dia. Eles também descobriram que essas pessoas tinham piores relacionamentos  [3]sociais, dores musculares e dores de cabeça, e até resfriados com mais facilidade.

Portanto, se você é um daqueles que sempre que o alarme tocar, é difícil sair da cama, já tem a desculpa perfeita para adiar o alarme por mais cinco minutos sem se sentir culpado. A ciência falou!