- Atmosfera On.line - https://atmosferaonline.com.br -

Adolescente, envolvido com facção criminosa da capital, assume autoria de homicídio

Um adolescente, de 16 anos, e com envolvimento com uma facção criminosa de Porto Alegre, confessou ter participado de algumas das ações mais violentas ocorridas em Erechim neste ano. Ele, por exemplo, assumiu ter assassinado um jovem na madrugada de quarta-feira, com um tiro na cabeça. O corpo de Ezequiel de Oliveira foi encontrado no início da manhã de ontem, às margens do Rio Tigre. Ele também assumiu ter participado de outra ação violenta no bairro Progresso no final de outubro, quando três pessoas foram alvo de disparos de arma de fogo em via pública.

A solução dos dois crimes ocorreu após investigações e ação conjunta da Polícia Civil e Brigada Militar, que culminaram com a prisão dos envolvidos no crime. A partir de um incessante trabalho de investigação, conduzido pela 2ª Delegacia de Polícia de Erechim, e uma importante troca de informações com a Brigada Militar, chegou-se ao nome dos possíveis autores dos crimes. O delegado de polícia José Roberto Lukaszewigz, responsável pela investigação, representou junto ao Poder Judiciário local pela expedição de mandados de busca e apreensão em desfavor dos suspeitos, os quais foram deferidos.

Na manhã de hoje, 10 Policiais Civis e 30 Policiais Militares deram cumprimento a três ordens judiciais de busca e apreensão. Uma delas foi cumprida em Erechim, no bairro Petit Vilage, e outras duas no interior de Jacutinga. A ação resultou na apreensão de um revolver calibre 38, uma espingarda calibre 12, diversos cartuchos e petrechos para recarga de munições, além de 19g de crack e 48g de cocaína.

Devido aos materiais localizados durante as buscas, foram presos em flagrante delito J.L.F., de 53 anos, e seu filho J.L.F, de 32 anos, pelo crime de tráfico e associação para o tráfico de drogas, e E.A., de 35 anos, pela posse irregular de arma de fogo. Durante as buscas foi localizado ainda um menor de idade, com apenas 16 anos de idade, o qual foi conduzido até a Delegacia de Polícia devido a ter sido flagrado portando um revólver calibre 38. Em sua oitiva, o menor confessou ter executado a tiros Ezequiel de Oliveira na madrugada de ontem, e ter participado da tripla tentativa de homicídio, ocorrida no bairro Progresso. O adolescente é natural de Porto Alegre, e tem vínculos com facções da região metropolitana. Após ser ouvido pela autoridade policial, que representará por sua internação, o menor foi entregue ao Conselho Tutelar de Erechim, conforme determinação legal.

Após a lavratura dos documentos pertinentes, os presos foram encaminhados ao Presídio Estadual de Erechim, onde permanecerão à disposição da Justiça.