PUBLICIDADE

Região

Publicidade

Afogamento é a segunda maior causa de morte de crianças e adolescentes no país

O verão nem começou e já foram registradas sete de mortes por afogamento só no último fim de semana no Rio Grande do Sul

Por: Dhieison Cardoso
Fotos: Internet/Luiz Carlos Arpini
afogamento

No Brasil, os afogamentos são a segunda maior causa de morte e a sétima de hospitalização por motivos acidentais entre crianças com idade entre zero e 14 anos. Em 2017, 954 pessoas dessa faixa etária morreram vítimas de afogamento, o que representa uma média de 2,6 óbitos por dia, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

O verão nem começou e já foram registradas sete de mortes por afogamento só no último fim de semana no Rio Grande do Sul.  A região Norte do Estado possui diversas atrações como balneários, lagos, rios, piscinas e a ida para esses locais cresce muito nesta época. O cuidado deve ser priorizado.

O 2º Sargento do Corpo de Bombeiros de Erechim, Vagner Leandro Berti enfatiza que o cuidado com crianças nesses locais deve ser dobrado e destaca que até mesmo em casa podem acontecer situações de afogamentos ou engasgamentos com alimentos e bebidas. ”Criança tem o instinto de brincar e correr, e acabam não tendo aquele cuidado ou capacidade de discernimento entre uma situação de insegurança ou não.” ressalta o bombeiro.

leandroberti

A alegação dos bombeiros é que a ingestão de bebidas alcoólicas e o descuidado com lugares que não apresentam a profundidade são os principais causadores de acidentes. ”O principal cuidado é com ingestão de bebidas alcoólicas, normalmente essas saídas, esses acampamentos, o pessoal acaba fazendo a ingestão de bebida alcoólica e posterior vai se direcionar a lagoas e lagos para se banhar. Ter atenção com relação à profundidade, que por vezes os locais não têm uma placa indicativa de profundidade. ” informa Leandro.

 

Tutorial de como proceder em caso de engasgamento/afogamento de crianças:

https://www.instagram.com/p/B3uw-8agDLa/?igshid=1qlwl867msybm

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade