a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Esportes

Publicidade

Atlântico perde e vê Joinville bicampeão da Taça Brasil de Futsal

Galo teve dificuldades neste sábado e perdeu título em Francisco Beltrão

Por: Edson Castro
Fotos: José Delmo Menezes Junior/Especial Atmosfera
atla taca brasil 2017 (4)

O Atlântico acabou perdendo o título da Taça Brasil de Futsal, neste sábado, para o Joinville. A derrota por 3 a 0 deu o bicampeonato para os catarinenses, sendo que os gaúchos também poderiam ter chegado a tal feito, caso tivessem vencido. A final da Taça Brasil foi disputada em Francisco Beltrão, no Paraná, onde ao longo da semana aconteceram todos os jogos.

O Atlântico teve dificuldades de ser efetivo nas conclusões ao gol. Quando conseguiu, viu o goleiro William fazer importantes defesas. Além disso teve mais um erro de arbitragem contra si, quando Michel Jean Bonnaud assinalou falta, mas fora da área. A falta foi dentro da área e seria pênalti quando o placar ainda estava 1 a 0 para o Joinville.

Além disso, o Galo teve a expulsão de Café e dois gols sofridos em falhas individuais, além de não poder contar com Murilo, lesionado, e Keké, que cumpriu suspensão nesta partida. O Galo agora voltará suas atenções para a Liga Nacional de Futsal (LNF), que começa no final deste mês.

atla taca brasil 2017 (3)

O jogo

O primeiro tempo começou como se previa. Ninguém querendo arriscar demais. Na estreia na Taça Brasil, apesar de a vitória ter ficado com os catarinenses, a partida foi bastante equilibrada. O primeiro bom chute a gola saiu apenas aos 7min, quando Leco recebeu na entrada da área e arriscou, mas Djony defendeu.

Um minuto mais tarde foi a vez do Atlântico chegar. Vilian recebeu na direita e da entrada da área chutou para defesa, desta vez de William. A 10min, Jackson concluiu, mas Djony estava atento e defendeu. Pouco mais tarde, a 15min30, a bola sobrou na área e Vilian concluiu, mas William conseguiu afastar.

Com jogo bastante equilibrado, o gol só poderia sair em um erro. E aos 19min31, foi o que aconteceu. A bola foi alçada ao ataque, Dudu tentou desviar e errou e então sobrou para Djony que tentou sair jogando, mas perdeu para Jackson que mandou para as redes: 1 a 0 para os catarinenses.

A segunda etapa começou um pouco mais movimentada. O Atlântico passou a pressionar em busca do ataque. A 3min, um erro importante no jogo. O árbitro Michel Jean Bonnaud acertou a marcar mão na bola do marcador do Joinville, mas errou não marcando pênalti, já que a jogada se deu dentro da área.

Pouco depois, Jackson recebeu na frente e dividiu com o goleiro Djony, que evitou o segundo gol dos catarinenses.  A 5min, não teve jeito. Jackson fez a jogada e tocou para Gabriel na direita. Este chutou forte, sem chances para Djony: 2 a 0. Na jogada, Café havia cometido falta em Junai, levou o segundo amarelo, após a conclusão e o gol, e foi expulso. Como saiu o gol, o Galo não ficou com um jogador a menos em quadra.

atla taca brasil 2017 (1)

O terceiro gol do Joinville veio aos 12min. O goleiro Djony passou a jogar adiantado para ajudar o ataque, mas em uma das vezes que recebeu a bola no meio da quadra, perdeu para Felipe Mello, que não perdoou o erro, chutou dali mesmo e fez 3 a 0.

Nos minutos finais, o Galo teve em Vilian o goleiro linha. Apesar disso tinha enormes dificuldades de conseguir definir. Foram vários chutes, mas poucos efetivos. E no final, vitória mesma dos catarinenses.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade