PUBLICIDADE

Débora

Muito Além do Cansaço

WhatsApp Image 2019-10-31 at 15.11.58

Talvez já tenha acontecido com você. De carro, em uma rua ou estrada, você percebe que uma luz incomum acendeu no painel. Engraçado, ela nunca acendeu antes. Depois de um tempo, seu carro para em meio a uma fumaceira. Por um motivo ou outro, o motor superaqueceu e deixou de funcionar.

Pois bem, sabe que algo parecido pode acontecer com você? Chama-se “Síndrome de Burnout”. Ela ocorre quando uma pessoa é submetida a níveis altos e prolongados de estresse no trabalho. É cada vez mais comum e pode, tal como o motor de um automóvel, te levar a “ferver” e deixar de funcionar corretamente.

Atenção à luz no painel. A Síndrome de Burnout pode ser reconhecida a partir do aparecimento de alguns fatores associados ao seu trabalho. Falta de esperança, sensação de solidão, raiva, fraqueza, irritação, alterações no sono, náuseas e dores na coluna são alguns sinais de que algo está errado na sua atividade profissional. É comum também a pessoa achar que seu trabalho não faz sentido ou não tem valor, bem como sentir-se distanciada em relação aos colegas, como se não fizesse parte daquele grupo, evitando e sentindo-se mal com a presença de outros.

Alguns sintomas já mencionamos, mas o que pode provocar o aparecimento da Síndrome de Burnout? Assim como os sinais de que algo vai mal são variados, as causas também são múltiplas. Sobrecarga de trabalho, relacionamento com chefias e colegas conturbado (lembremo-nos de que nos ambientes profissionais somos convidados a nos relacionarmos com pessoas diferentes de nossos valores e crenças, algo que poderemos tratar em outra ocasião), falta de reconhecimento e dificuldade de ascensão na carreira. Empresas ou organizações muito burocráticas, com pouca margem para ouvir o trabalhador. Trabalho noturno ou por turnos prolongados. Falta de apoio familiar ou de amigos. Inadequação a outros valores e culturas (pensemos nos imigrantes, por exemplo).

Evidentemente, isto não acontece de uma hora para outra. É um processo cumulativo. Você pode estar abusando de álcool e remédios. Você pode estar mais triste do que o normal. Você pode estar ficando doente com mais frequência, tendo problemas de pele, de estômago, de desempenho sexual, pegando gripe toda hora. E não associar isto ao seu trabalho. Portanto, fique atento aos sinais e procure ajuda. Quando a luz acender pode ser tarde demais.

 

Publicidade
Publicidade