PUBLICIDADE

Leandro Vesoloski

Dia mundial da água e os bons exemplos sem necessidade de lei, o racha no PRB e a dança das cadeiras

lixo-eletronico-sir-company

Dia mundial da água

Estabelecido na Conferência Rio 92, 22 de março ficou marcado como o dia mundial da água. Ações que visam a proteção deste item indispensável a vida humana e ao desenvolvimento econômico precisam ser tomadas com urgência. Mudança de comportamento da população para preservação do Meio Ambiente é tarefa básica para alteração deste panorama.

Ponta do Iceberg

Erechim debateu durante a semana a proibição do uso de canudos plásticos, projeto de Lei que deve ir à votação na Câmara de Vereadores na próxima semana. Mais do que a discussão do uso do canudo em si, o tema propõe uma discussão importante sobre o descarte incorreto do lixo. Todo o lixo produzido e descartado de forma incorreta acaba sendo canalizado para os rios e consequentemente ao oceano. Durante esse processo estão as bacias de captação de água que abastecem cidades inteiras. Diante disso a pergunta que não quer calar: Qual a real qualidade da água que chega em nossas casas?

Bons exemplos sem necessidade de Lei

IMG-20190320-WA0055Restaurante na avenida Tiradentes oferece desde sua inauguração canudos reaproveitáveis de inox para produtos consumidos no local e canudos de papel para levar. Proprietário diz que custos aumentaram, porém, sustentabilidade seria a maior preocupação.

Sociedade doente

Na última sexta-feira citei comportamentos que demonstravam que a sociedade dava provas do quanto estava doente ao partidarizar os ataques na escola de Suzano. Poucos dias após, um vídeo circulando na internet mostrava o ataque a uma mesquita na Nova Zelândia. O atirador transmitiu ao vivo o massacre que vitimou quase 50 pessoas. Educandários em Tapejara, Passo Fundo, Santa Maria e Porto Alegre receberam ameaças de ataques semelhantes. No caso da capital a Agência Brasileira de Inteligência foi acionada para apurar os fatos.

Tocador de Obras

foto barpAltemir Barp assumiu a secretaria de agricultura em 15 de janeiro. De lá para cá tem efetuado obras importantes para a comunidade. Como exemplo podemos citar trabalho realizado em pontes no interior do município. Comunidades de Santa Lúcia, KM 10 Argenta, São Francisco e Santa Tereza receberam melhorias nos últimos 30 dias. Em média uma ponte a cada oito dias.

Estradas

Secretaria de Agricultura passa a realizar trabalhos também aos finais de semana nas estradas do interior através de empresa terceirizada. Capo-Erê está no radar de Altemir Barp. Outras secretarias estariam precisando do ritmo implementado por Barp.

Racha no PRB?

PRB força retorno de Leandro Basso para a Câmara de Vereadores. Prazo para que o vereador licenciado reassuma cadeira no Legislativo encerra em 25 de março. Basso encontra-se afastado da função de secretário de Cultura, Esporte e Turismo em razão da retirada de um nódulo da face. Seu retorno para a secretaria deve se dar no início de abril.

untitleddd

Cabo de força

Elvis Palkiewski presidente do PRB de Erechim diz que chegou a hora do partido ocupar a cadeira conquistada em 2016. Basso diz que decisão do partido não muda em nada o compromisso do PRB com o governo Schmidt. Quem ganha essa briga?

Cargos no governo

PRB de Elvis e Basso ocupam cerca de dez cargos na prefeitura de Erechim incluindo o de secretário e secretário adjunto de Cultura, Esporte e Turismo que conta com o competente Carlos Lemos na pasta. Carlinhos caminha junto com Leandro Basso desde a sua primeira campanha a vereador.

2020 é logo ali

Partidos começam a se mobilizar para a eleição de 2020. Devagar, mas já é possível perceber alguns movimentos de peças no tabuleiro das eleições. Obviamente que alguns partidos que incham suas listas de candidatos neste momento poderão ter frustradas suas expectativas até as eleições de 2020. Muita água passará por debaixo desta ponte.

Dança das cadeiras

Quando aberta a janela para mudança de partido sem o comprometimento de mandatos, poderemos ter uma prévia do quanto será difícil a eleição para vereador em 2020. Duas questões devem ser analisadas: número de candidatos e viabilidade eleitoral dos nomes apresentados. Torna-se difícil se eleger em um partido com vários nomes de peso em uma única sigla. O oposto também precisa ser avaliado. Os adversários na maioria das vezes se encontram dentro do próprio partido e não fora dele.

Oldra no MDB?

IMG_8058Assim como Paulo Alfredo Polis, Alderi Oldra não possui a marca da estrela encravada no corpo. De perfil pacificador (trazido dos tempos do seminário) Oldra é muito próximo de Polis. Com o desgaste do PT nas últimas eleições especula-se que Alderi possa ser um dos nomes que deixaria a sigla. Seu destino poderá ser o atual partido do ex-prefeito.

Saudosismo

Entre os professores do município há um grande número de profissionais que não escondem a saudade do tempo em que Oldra foi secretário de Educação. Entre os principais pontos apresentados seria a facilidade de diálogo com o atual vereador. O caminho para chegar até a secretária de Educação deve ter aumentado.

 

Publicidade
Publicidade