divdiv
PUBLICIDADE

Estado

Publicidade

Bombeiros terão acesso a sensor da Nasa utilizado pela Sema para identificar incêndios

Dados recebidos e analisados por técnicos da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura agora serão compartilhados com o CBMRS

Por: Ascom Estado RS
23200933_1875372_GDO

A Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) disponibilizou ao Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS) o acesso aos dados do sensor da Nasa (Modis Global Fires) usado para identificar focos de incêndio. A finalidade é reforçar o monitoramento ambiental em ações preventivas e operações planejadas.

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel César Eduardo Bonfanti, a instituição tem procurado ferramentas que contribuam para o mapeamento de áreas com frequentes ocorrências de incêndio na vegetação. O monitoramento facilitará o planejamento logístico e de pessoal no atendimento a diferentes regiões do Estado.

“A integração entre a Sema e o CBMRS resulta na melhoria da qualidade do serviço público. Com atenção aos cuidados do ambiente, interligando tecnologias, ambos podem mapear detalhadamente áreas queimadas e a forma adequada de progressão nestes locais, aprimorando ações, principalmente em períodos de estiagem”, afirma Bonfanti.

O programa adotado pela Sema permite captar focos de calor a cada 48 horas, agregando maior controle com uma ferramenta de sensoriamento remoto, possibilitando análises periódicas de ações não autorizadas. Os dados gerados são recebidos e analisados por técnicos da secretaria e, agora, compartilhados também com o CBMRS.

“Nosso objetivo é somar forças entre órgãos e instituições, a fim de desenvolvermos a proteção ambiental do RS. Toda informação útil e compartilhável que possa fortalecer nosso sistema estará disponível. Ficamos satisfeitos com esta troca”, afirma o secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Artur Lemos Júnior.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE