a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Brasil

Publicidade

Caminhoneiros divulgam possível greve em 30 de março

Imagens e vídeos circulam nas redes sociais

Por: Da Redação
Fotos: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Caminhoneiros realizam protesto contra a alta no preço do combustível e uma resolução do Contran que obriga a colocar dispositivos de segurança nas caçambas.

Grupos de caminhoneiros estão convocando manifestações para o próximo dia 30 –véspera do 55º aniversário do golpe militar de 1964. Alas mais radicais falam em iniciar uma greve. Nas redes, divulgam imagens convocando pessoas para os protestos. As informações foram publicadas pelo são do Poder360, dirigido por Fernando Rodrigues, que publicou reportagem a respeito desse tema

Segundo líderes de grupos de caminhoneiros de Estados brasileiros, o movimento não está unido. No momento, o humor não é nem de longe parecido com o que havia na greve do ano passado. O presidente de um sindicato de caminhoneiros de São Paulo, Norival Silva, o “Preto“, chamou a convocação de “falácia” e disse que não participa. Já Alexandre Fróes, líder de Santa Catarina, informou que haverá carreatas, mas não greve.

A Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros) diz não saber se o protesto realmente será realizado. “A categoria está insatisfeita, mas pelo nosso monitoramento, [a manifestação]não está organizada, então está difícil prever se haverá ou não um novo movimento”, afirmou ao Poder360.

Em reunião com congressistas, o presidente do Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga (Sinditac) de Ijuí (RS), Carlos Alberto Litti Dahmer, disse que os caminhoneiros têm “sensação de abandono”. Fala que falta “resposta imediata” em relação “ao que foi conquistado” após a greve em maio de 2018. Litti não afasta a possibilidade de uma nova greve acontecer este ano.

“A ANTT tá brincando com a gente. (…) As coisas na rua estão iguais a maio do ano passado. Essa sensação de abandono não é só no seu grupo, deputado. É em todos os grupos do país. As coisas estão esquentando, voltando aos patamares da greve do ano passado. Portanto, ações devem ser tomadas urgente[mente]”, afirmou.

As principais imagens que estão sendo divulgadas na internet informam o horário de 6h da manhã como início para os protestos. Uma das imagens difundidas em WhatsApp (abaixo) tem erro de português: paralisação com “z”. A página no Facebook MOC Alerta, que tem 151.550 curtidas, divulgou 1 vídeo –que não é datado– em que 2 caminhoneiros reclamam do valor dos pedágios. Também dizem entregar reclamação ao Ministério Público sobre excessos das concessionárias –que decidem o valor da taxa.

PEDIDOS DE INTERVENÇÃO

Internautas do Front Brasil –grupo fechado no Facebook com 50.399 membros– postaram vídeos e imagens pedindo uma “intervenção militar” em 31 de março –data em que o golpe completa 55 anos. Em vídeo publicado no canal do YouTube do grupo, 1 internauta diz que o povo “clama pela intervenção militar”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade