PUBLICIDADE

Brasil

Publicidade

Carne bovina está mais cara em Erechim

Alguns cortes estão quase 23% mais caros que em outubro

Por: Dhieison Cardoso
Fotos: Luiz Carlos Arpini
carne

O aumento das exportações de carne para a China já estão refletindo no mercado interno. No fechamento de novembro, o aumento nos preços da carne bovína desossada no mercado atacadista foi de 22,9% em diversas partes do Brasil.

O representante da Associação Gaúcha de Supermercados em Erechim Ademir Favero, alega que são preços que se elevaram bastante e não há previsão para que voltem a cair tão cedo. ”Existem grandes fatores e talvez o principal são as exportações do Brasil para China, um mercado novo e um mercado muito grande. Mas, também existem fatores de produção, sazonalidade na produção aqui no Brasi, algumas regiões onde houve o fator climático que afetou também o desenvolvimento e engorda do boi, então esses fatores impactam.”

Desequilibro entra oferta e a demanda de carne

Isso significa que é o brasileiro que está pagando mais para comer o tradicional bife do dia-a-dia. Aqui em Erechim alguns cortes estão quase 23% mais caros que em outubro.

Além dos fatores mencionados, no fim do ano a procura por carnes cresce e a consequência de uma demanda maior faz os preços se elevarem ainda mais.

Ademir Favero

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade