divdiv
PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Conhecimento que gera oportunidades: Ex-aluno do Marista Medianeira é aprovado em Medicina com bolsa Prouni 100%

Lucas Maciel Dal Prá, ex-aluno do Colégio que concluiu o Ensino Médio em 2019, conquistou seu objetivo de entrar para a universidade no curso que sempre sonhou

Por: Ascom
Lucas no dia da sua formatura do 3º ano do Ensino Médio no Marista Medianeira (1)

Iniciar a trajetória escolar aos 3 anos de idade, fazendo descobertas, vivenciando novas sensações e experiências, e aprendendo a se relacionar com o outro e com o mundo e, 14 anos depois, encerrar o ciclo da Educação Básica na mesma instituição, levando adiante os valores e conhecimentos ali construídos, partindo para uma nova etapa de ingresso na universidade no curso dos seus sonhos, sem dúvida, é motivo de alegria e sinal de que toda a dedicação pessoal e da escola em relação aquele estudante deram certo. Esta é um pouco da história do ex-aluno do Colégio Marista Medianeira, Lucas Maciel Dal Prá, que concluiu o Ensino Médio no ano de 2019 e foi aprovado no curso de Medicina da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) – 2020/1, com bolsa Prouni integral, já que cursou o Ensino Médio também com bolsa de estudos no colégio.

Lucas conta um pouco de como foi a sua trajetória acadêmica até o momento e como o ensino e a formação que recebeu no Marista Medianeira fizeram a diferença na conquista do seu objetivo.

● Quais foram suas aprovações em vestibulares, após encerrar o 3º ano do Ensino Médio no Colégio? Conte como foi seu percurso educativo desde então e quais foram os seus principais desafios e conquistas.

Lucas: Após o término do Ensino Médio não houve muito tempo para que eu pudesse prestar diversos vestibulares. Adicionei minha nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) e me enquadrei na lista de espera para Medicina em diversas universidades federais gaúchas, mas por poucos pontos da nota de corte, o que foi um momento realmente frustrante. Contudo, menos de 2 meses depois da formatura, prestei o vestibular para Medicina na URI Erechim e fui aprovado, entretanto não efetuei a matrícula. O valor de um curso de Medicina é alto e minha família não teria condições de custear este investimento integralmente. Por conta disso, meu plano era fazer um ano de cursinho para tentar novamente o SiSU em alguma universidade federal. Porém, no período entre o final do Ensino Médio e o início do ano letivo no cursinho, o sistema do Programa Universidade Para Todos (ProUni) foi aberto e pude adicionar minha nota do ENEM 2019 para concorrer a uma bolsa integral nos cursos de Medicina de diversas universidades. O sistema aceita que o participante escolha duas opções de universidade para inscrever sua nota e concorrer, sendo a média do ENEM o ranqueamento da seleção. Minha primeira opção foi a URI Erechim e a segunda foi a Universidade de Caxias do Sul. Obtive nota suficiente para pré-seleção em ambas, sendo confirmado em uma das quatro vagas da URI Erechim, onde estou cursando o segundo semestre de Medicina.

Minhas aprovações foram as seguintes:

  • Medicina ProUni (2020/01) – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
  • Medicina (2020/1) – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões
  • Direito (4º lugar – 2020/01) – Universidade Federal do Pampa
  • Direito (2020/1) – Universidade Federal do Rio Grande

● Por que você escolheu Medicina e quando descobriu que era isso que queria seguir no seu futuro? Como você se preparou para passar em vestibulares de um curso tão concorrido como este?

Lucas: Medicina foi o meu sonho desde criança. Durante o Ensino Médio, passei por diversos momentos de dúvida diante da escolha do curso que eu iria seguir, afinal, somos bombardeados por possibilidades e devaneios juvenis. Entretanto, acredito que minha vocação para cuidar de pessoas falou mais alto e acabei seguindo a rota da profissão que eu admiro de longa data. Hoje, dentro do curso, vejo que estou no caminho certo. Minha preparação aconteceu desde os primeiros anos do Ensino Fundamental e se intensificou durante o Ensino Médio. Sempre fui um aluno dedicado e que buscava o melhor de mim academicamente, me debruçando em leituras e estudos que muitos consideravam exageros, mas que, felizmente, funcionaram para que eu alcançasse meu objetivo. Também devo um especial agradecimento ao corpo docente do Colégio Marista Medianeira, que foi um dos pilares essenciais na minha formação, possibilitando-me, por exemplo, a nota 900 na redação do ENEM. Hoje, curso Medicina na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – Câmpus Erechim, me orgulhando muito por poder aprender e crescer profissionalmente dentro da minha terra natal, fazendo a diferença na vida de conterrâneos e conhecendo realidades emergentes dentro do meu futuro local de trabalho.

● De que forma a educação marista, em especial do Colégio Marista Medianeira, ajudou você neste processo de aprendizado e aprovações? (Conte um pouco da sua trajetória no Colégio… você participava de algum grupo ou extraclasse?)

Lucas: A excepcional competência do corpo docente do Colégio Marista Medianeira foi o grande diferencial da minha formação. Acredito que aproveitei a chance de adquirir conhecimentos com profissionais de tamanha sabedoria, mantendo uma relação de amizade com aqueles que, acima de tudo, foram grandes mentores. Também vislumbro o grande desenvolvimento das habilidades de manter relações interpessoais, de oratória e de liderança que a presidência do Grêmio Estudantil me proporcionou. Entrar em contato com diversas pessoas, variados grupos e diferentes posições dentro da comunidade escolar foram experiências que me possibilitaram a prática de competências extremamente necessárias dentro do universo médico.

● Que dica/recado você deixa aos nossos estudantes maristas e a todos os jovens que almejam passar no vestibular “dos seus sonhos”?

Lucas: Acredito que a única forma de conquistar aquilo que almejamos é dando o nosso melhor. Manter-se na mediocridade nunca trará os mesmos frutos que as vontades de vencer e de se destacar trazem. Por conta disso, digo-lhes: deem o seu melhor. Não importa quantas vezes pareça que estamos perdidos ou quantas pessoas nos digam que estamos no caminho errado, todos temos uma força interior que irá triunfar quando for empregada da forma correta para conquistar os nossos sonhos. A vida é apenas um sonho. Deseje e conquiste-o.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE