divdiv
PUBLICIDADE

Educação

Publicidade

Eduardo Leite critica a resistência da volta às aulas, “Escolas fechadas não são vidas preservadas”

O Governador ressalta que as escolas não são itens supérfluos na vida das pessoas, por isso devem retomar suas atividade de forma gradual e seguindo todos os protocolos

Por: Amanda Ferreira
Eduardo Leite

Durante uma videoconferência em suas redes sociais nesta quinta-feira, 24, o Governador Eduardo Leite falou sobre a resistência dos municípios em retomarem as aulas presenciais.

Leite defendeu a que as escolas precisam voltar as atividades, de forma gradual. As escolas são espaços fundamentais no desenvolvimento de crianças e adolescentes. “Escolas fechadas não são vidas preservadas”, afirmou o Governador.

Salientou também que “Muitas pessoas que sempre defenderam a educação neste momento não querem que ela volte. Que incoerente! Sempre disseram que a educação muda o mundo e agora acham que não é prioridade. Educação com protocolos, distanciamento: mais do que uma opção, uma necessidade”.

A educação é importante e essencial, não deve ser considerado um “supérfluo” afirma o Governador. Completou ainda dizendo, “Covid-19 não é a única doença que acomete nossa sociedade, tem outras doenças do ponto de vista mental, saúde e físico”.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE