a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Emoção e alegria marcam encontro entre bailarinas e pacientes com câncer e deficientes físicos de Erechim

Atividade foi desenvolvida na Uri e contou com a participação da Dançar e Sonhar Escola Dança

Por: Ascom
Fotos: Ascom
WhatsApp Image 2018-11-29 at 21.42.29 (2)

Uma tarde de emoção e dança. Nesta quinta-feira, 29, a Dançar e Sonhar Escola de Dança juntamente com estudantes do curso de Fisioterapia da URI – Campus Erechim (turma 2015) realizaram o encerramento de duas disciplinas com atividades voltadas a pacientes com câncer, cadeirantes e deficientes visuais.

O evento encerrou as disciplinas de Fisioterapia aplicada a oncologia e Fisioterapia em distúrbios vasculares. Acompanhadas da professora Ana Lucia Bernardo Carvalho Morsch as bailarinas da escola levaram um pouco de alegria e diversão aos pacientes. Além das apresentações, as alunas da Dançar e Sonhar realizaram uma dinâmica com os presentes. “Foi uma tarde linda e emocionante. Para nós da Dançar e Sonhar participar de atividades como essas só valorizam nosso espirito de solidariedade. Afinal de contas a nossa escola conta com o apoio de muitos parceiros, e, desta forma, podemos retribuir toda ajuda que sempre recebemos”, explica a diretora da Dançar e Sonhar, Vanessa Carrion.

“Limitação não é motivos para impedimentos”

“Limitação não é motivos para impedimentos”. Com essas palavras a professora de dança e também sócia da escola, Jordana Sperry destaca a importância de as bailarinas entenderem as dificuldades de quem tem alguma deficiência. “Nossa participação no evento é algo tão simples, mas deixa muitas pessoas que passam por momentos difíceis felizes e com muita esperança. É maravilhoso levar a arte do movimento nessas ações, ver o brilho no olhar e sorriso no rosto não tem preço”, pondera emocionada.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade