a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Saúde

Publicidade

Falta vacina contra meningite nas UBSs de Erechim  

Informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde

Por: Cristiane Rhoden
Fotos: Ilustração Internet
image2

Num momento em que se fala do retorno de doenças consideradas erradicadas porque muitos pais estão se recusando a vacinar os filhos, em Erechim falta vacina contra meningite nas Unidades Básicas de Saúde. A Informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde que diz que o Governo do Estado não está repassado as doses.

A vacina Meningocócica C, contra a meningite faz parte do calendário básico do Ministério da Saúde. A meningite é uma doença infecciosa que pode levar à morte. Por isso, a vacina é uma das prioritárias na caderneta de vacinação. A dose é indicada para bebês de 2 e 5 meses e para quem tem 11 e 13 anos.

A Chefe do Serviço de Vigilância Epidemiológica e Imunizações de Erechim, Luciana Grendene, esclarece que o Ministério da Saúde repassa ao Estado que por sua vez repassa ao Município as doses da vacina e que este repasse não está sendo feito no momento. “O estoque que o Município possuía da vacina foi suficiente para atender a demanda de todas as UBSs até a última sexta-feira, 6. Porém, a partir desta semana os postos de saúde, assim como o restante do território nacional, encontram-se desabastecidas da Meningo C”, declara.

O atual responsável pela 11ª Coordenadoria Regional de Saúde, Ivan Devensi explicou que o desabastecimento está ocorrendo porque o Ministério da Saúde não está enviando a quantidade suficiente de doses da vacina para o Estado do Rio Grande do Sul. Ele disse que o problema deve estar solucionado em cerca de 20 dias.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade