PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Força Tarefa interdita complexo do Master Sonda Shopping em Erechim

Uso de água que não da Corsan, foi o motivo para interdição do complexo da avenida Sete de Setembro

Por: Da Redação
WhatsApp Image 2017-11-09 at 21.00.54

Uma Força Tarefa, formada por representantes da Corsan, Ministério Público, Vigilância Sanitária e Coordenadoria Regional de Saúde, interditou agora à noite, por volta das 20h, todo o complexo do Master Sonda Shopping, na avenida Sete de Setembro, em Erechim.

A interdição, de acordo com a Força Tarefa, se deu devido ao complexo estar utilizando água de poço artesiano, ao invés da água tratada e distribuída pela Corsan. O uso de água de poços na zona urbana, de acordo com informações do Ministério Público, é proibido.

A promotora Karina Denicol salientou que esta Força Tarefa surgiu de uma inspeção dentro das fiscalizações de alimentação, que foi realizada ontem no complexo. Foi detectado, segundo ela, durante a inspeção, que a água poderia não ser tratada e distribuída pela Corsan.

A partir dai, outra investigação aconteceu durante esta quinta-feira, que culminou com a interdição de todo o complexo. “Recolhemos amostras de água e nesta sexta já deveremos ter o resultado bacteriológico. De qualquer maneira, esta é uma situação muito grave em função da falta de um controle rígido de qualidade da água utilizada em restaurantes, padaria etc, até mesmo pelos funcionários da empresa”, salientou a promotora.

Por outro lado, Karina frisou que funcionários da empresa já estariam trabalhando para tentar regularizar a situação para uso de água da Corsan. De acordo com a Força Tarefa, não havia encanamento levando água da Corsan para dentro do complexo.

Caso haja a regularização, é possível que o complexo possa voltar a operar.

O que diz a Rede Master

A redação do jornal Atmosfera buscou contato junto a Rede Master de Supermercados sobre a situação. Foi informada de que “haverá esclarecimento nesta sexta-feira”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade