PUBLICIDADE

Região

Publicidade

Grande público prestigiou a abertura da Expoara 2019

Até domingo, Aratiba mostra o potencial da indústria, comércio, serviços e agropecuária do município

Por: Ascom
WhatsApp Image 2019-10-04 at 15.11.06

A 32ª edição da Expoara começou com a reunião da Associação dos Municípios do Alto Uruguai. Presidida pelo prefeito de Marcelino Ramos, Juliano Zuanazi. No Pavilhão das Agroindustrias, Orgânicos e Agricultura Familiar, as primeiras damas da região da AMAU  e as secretárias dos municípios foram recepcionadas para um café da manhã, pela primeira dama de Aratiba, Neli Granzotto.

Centenas de pessoas acompanharam a abertura oficial da Feira na lona dos shows. Os deputados federais Henrique  Fontana e Deonilso Marcon, os deputados estaduais Gilberto Capoani e Paprico Bachi, prefeitos, veredores, autoridades municipais, patrocinadores e apoiadores da Expoara participaram da abertura. O deputado estadual Gilberto Capoani, destacou o papel dos colonizadores no desenvolvimento de Aratiba e disse que “a Feira é um momento de mostrar o potencial empreendedor de Aratiba”. O deputado federal Deonilso Marcon se referiu à crise dos municípios e alertou para o fato de que  a reforma tributária que está sendo proposta pelo Governo Federal pode tirar ainda mais recursos dos pequenos municípios . O deputado federal Henrique Fontana comentou sobre a visão estratégica do governo de Aratiba, dizendo que “o prefeito Granzotto faz um esforço de gestão para consolidar o projeto de desenvolvimento estratégico”. Referiu-se ao Pacto por Aratiba, que devolve parte dos recursos gerados pelas atividades agrícolas aos agricultores como uma “política de desenvolvimento inovadora”. Tanto Marcon quanto Fontana anunciaram o voto favorável à emenda de bancada que está sendo proposta para a ampliação da Fundação Hospitalar Santa Terezinha, de Erechim.

O prefeito de Aratiba, Guilherme Granzotto, iniciou o seu pronunciamento refereindo-se aos 64 anos de emancipação do município, comemorado nesta sexta-feira e agradecendo ao esforço dos moradores que construíram Aratiba desde o início do século passado. “Temos muito orgulho das batalhas que enfrentamos, mas conseguimos ver grandes avanços”. Depois, referiu-se à necessidade de um projeto de desenvolvimento em médio e longo prazo. “Aratiba tem muito orgulho de gerar energia para todo o país, mas Aratiba não tem uma receita consolidada, ao contrário, depois de 2030, por força da lei o município  vai perder 42% da arrecadação, por isso temos que pensar agora em projetos que substituam esta receita para que possamos continuar atendendo as necessidades da população”. Como exemplos de projetos que já estão em andamento, Granzotto citou o projeto da fibra ótica, que já instalou 300 km de cabos no interior do município e que já leva a tecnologia da informação a  240 famílias de agricultores; o cercamento eletrônico; o incentivo às empresas locais;  o Pacto por Aratiba que vai distribuir R$ 1,7 milhão este ano para os agricultores; o asfaltamento da RS 420, que está sendo assumido pelo governo municipal, o loteamento social que vai oferecer  lotes para famílias de baixa renda; a central de empregos que já proporcionou a colocação de 180 trabalhadores no mercado de trabalho e o Projeto de Orgânicos, que triplicou  o numero de produtores  familiares certificados. “Quem chega primeiro em cada projeto tem vantagens, tanto que empresas como a Nestlé e a BRF também já estão investindo em orgânicos”, disse.

Carta de intenções com a Olfar e aumento do ICMS: Granzotto anunciou que durante a Feira o município vai assinar uma carta de intenções com a Olfar para a implantação de 1.400 hectares com eucalipto no município. Também destacou que o governo conseguiu reverter a redução do repasse do ICMS e em parceria da Engie e da Itasa foi agregado mais R$ 318 milhões ao valor adicionado do município de Aratiba.  “Em dois anos e 9 meses de mandato, trabalhamos muito para construir as alternativas que o município precisa. É  momento de pensar para a frente, de consolidar a agricultura, o turismo, a indústria e o comércio, é momento de atrair investimentos”, destacou.

Em seguida, as autoridades, acompanhadas da corte do município e da corte da terceira idade desataram a fita do Pavilhão da Indústria e Comércio, abrindo, oficialmente, a 32ª Expoara. No início da tarde, o prefeito, Guilherme Granzotto, o vice- prefeito, Izelso Zin, o presidente da Feira, Everaldo Dalazen e a corte fizeram a visitação aos expositores.

Experiência de mobilidade reduzida: No stand da Elevittá, empresa de Aratiba que produz elevadores para ônibus e máquinas agrícolas para o Brasil e a América Latina,  Granzotto participou da experiência que está sendo proporcionada aos visitantes . O experimento consiste em vivenciar as dificuldades que as pessoas com mobilidade reduzida enfrentam. Numa cadeira de rodas o prefeito foi até o stand externo da empresa e utilizou os elevadores para acessar os ônibus.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade