PUBLICIDADE

Região

Publicidade

Mais de 700 profissionais da RGE trabalham na recuperação da rede elétrica em Erechim e região

Distribuição de energia ficou prejudicada pela quantidade e complexidade dos danos

Por: Ascom
Fotos: Atmosfera
WhatsApp Image 2020-07-03 at 13.45.37

A passagem do ciclone bomba pelo Rio Grande do Sul nesta semana causou milhares de danos na rede de distribuição de energia elétrica em todos os 381 municípios da área de concessão da RGE.  Em situações como esta, o atendimento das equipes obedece a critérios técnicos e de segurança, tanto dos colaboradores em campo como da população.

Os critérios técnicos seguem o fluxo do sistema de distribuição de energia elétrica. Primeiro são restabelecidos os grandes equipamentos, como subestações e linhas de transmissão, depois os alimentadores e transformadores, e, por fim, os atendimentos individuais. Além disso, são priorizados os serviços essenciais, como hospitais, polícia, bombeiros, trânsito, entre outros. Neste momento não há nenhum equipamento de grande porte fora de operação. Os consertos em andamento são para atendimento a clientes individuais ou pequenos grupos.

A região de Erechim, incluindo o município de Áurea, foi uma das mais castigadas pelo ciclone. Na área que vai de Erechim a Machadinho os ventos de mais de 100 km/h e a chuva forte derrubaram árvores e postes, arremessaram objetos sobre a rede elétrica, causando todo tipo de estrago. Somente postes arrancados ou quebrados, até o momento, foram identificados 355.

Desde o momento em que foi possível começar o trabalho de reconstrução a RGE está mobilizada, com um contingente de 704 profissionais, entre eletricistas, técnicos, engenheiros e pessoal de apoio. São 82 equipes de caminhão, que trabalham na reconstrução da rede, e 50 equipes de caminhonete, que atuam nos consertos de menor porte.

A RGE mobilizou equipes de Erechim, Passo Fundo, Palmeira das Missões, Cruz Alta, Santo Ângelo, São Luiz Gonzaga, Santa Maria, Santiago, São Borja, Sapucaia do Sul, Montenegro, Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Cachoeira do Sul, Lajeado, Pelotas, Alegrete, Chapecó Aires, Santa Rosa, Alegrete e Caçapava do Sul. O prejuízo estimado para RGE no atendimento às demandas provocadas pelo temporal na região de Erechim é de R$ 4 milhões.

A empresa segue trabalhando para restabelecer o fornecimento a todos os clientes, o que vem ocorrendo na medida em que os consertos são concluídos, permitindo religar a energia com segurança.

Os clientes que estiverem sem luz ou que precisarem entrar em contato com a RGE, devem priorizar os canais site, aplicativo, whats app e SMS, uma vez que o call center pode apresentar lentidão pela alta procura no atendimento.
WhatsApp: (51) 3539-6791(digitando a opção 01)
SMS: Se o problema for falta de energia, envie um SMS com o SEU CODIGO (que consta na conta de energia elétrica) para o número 27350.
Site: www.rge-rs.com.br
App: CPFL Energia (disponível para Android e iOS com navegação gratuita)
Call Center: 0800 970 0900

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade