a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Política

Publicidade

MDB nega aproximação com atual governo de Erechim

Presidente Ana Oliveira, explica que Plínio Costa Júnior, que assumiu como secretário adjunto de Saúde, se licenciou do partido

Por: Da Redação
anaoliveira

Apesar de serem fortes os comentários de que o MDB estaria ingressando no governo de Luiz Schmidt e Marcos Lando, a presidente do partido, Ana Oliveira, nega qualquer tipo de parceria e destaca que a oposição inclusive deve se intensificar nos próximos meses. A aproximação com o governo pareceu ter acontecido quando o secretário de Saúde do governo Polis, Plínio Costa Júnior, filiado ao MDB, assumiu a função de secretário adjunto de Saúde do atual governo. Mas a presidente do partido explica que Plínio se licenciou do MDB quando assumiu o cargo no Governo Schmidt.

“Não fazemos parte do governo municipal e nem temos interesse. O MDB é oposição”, pondera Ana. Segundo ela o partido tem se reunido com frequência para traçar estratégias visando às eleições de 2020.

Em 11 de janeiro, o médico Plínio Costa Júnior,  entregou à presidente Ana Oliveira, seu licenciamento do partido, por prazo indeterminado, por motivos de ordem pessoal.  No dia 09, o prefeito Luiz Francisco Schmidt assinou a nomeação dele como adjunto da Secretaria Municipal de Saúde que tem como titular o também médico Dércio Nonemacher. “O Plínio acabou se afastando do partido para assumir como adjunto da Saúde, justamente porque o MDB não está integrado com o Governo de Schmidt e Lando. Inclusive esse pedido de licença foi repassado à Executiva na última reunião realizada no dia 24”, garante a presidente do MDB.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade