a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Trânsito

Publicidade

Motocicletas lideram estatísticas de acidentes de trânsito em Erechim

Somente Corpo de Bombeiros atende em média três acidentes por dia, o que representa 70% dos casos

Por: Paloma Mocellin
Brasília, DF, Brasil: Motos. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Elas lideram as estatísticas. O número de acidentes com motos tem gerado preocupação para os órgãos de Segurança Pública de Erechim. No Corpo de Bombeiros elas representaram neste mês de  março mais de 70% dos atendimentos de acidentes. Os serviços de emergência atendem a uma média de dois a três casos por dia.

Rápidas, econômicas, de fácil locomoção, mas perigosas. As motos têm liderado estatísticas nada boas em Erechim: as de acidentes. Somente no Corpo de Bombeiros, os primeiros meses de 2019, foram surpreendentes. A cada 12 ocorrências, 9 são com motos.

A Brigada Militar atendeu neste mês mais de 30 acidentes entre carros e motos, que resultaram em pessoas feridas. No ano passado de janeiro a junho  foram 145 acidentes com lesões, destes 89 envolveram motocicletas.

Só que esse tipo de ocorrência quase sempre deixa pessoas feridas e na maioria das vezes os ferimentos são graves. Casos que já não são mais nem novidade. Tanto que esses números só tem aumentado e já viraram até rotina para os serviços de emergência que registram uma média de  2 a 3 acidentes por dia.

Quem lida com as situações constantemente reforça a imprudência e a falta de conscientização dos motoristas. Quando a gente fala em acidente de trânsito a imprudência e imperícia são os principais motivos. ” Situações tanto do condutor do veículo quanto do motociclista. Lembrando que o motociclista é o para-choque do veiculo e ai eu sempre digo que atenção precisa triplicar. A Fiscalização tá ai, e é difícil, mas cumpre seu papel, principalmente na área central do município, onde é registrado o maior número de acidentes”, reiterou o diretor de Trânsito Luiz Weschenfelder.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade