- Atmosfera On.line - https://atmosferaonline.com.br -

Município intensifica fiscalização do transporte escolar realizado em Erechim

A fiscalização é diária e intensa. Desde 2015 o município de Erechim monitora os veículos terceirizados que fazem o transporte escolar dos estudantes. Medida que garante não apenas o acompanhamento da quilometragem diária efetuada pelos veículos e a velocidade que circulam, mas gera economia aos cofres públicos.

Segundo o chefe da Divisão de Transportes da Secretaria Municipal de Educação, Acácio Rodrigo Mentz as medidas foram adotadas depois que o Tribunal de Contas apontou possíveis irregularidades na prestação do serviço e são intensificadas a cada ano. “A partir destes apontamentos do Tribunal de Contas o município adotou ferramentas para tentar eximir irregularidades e também levando em conta a questão de segurança dos estudantes. A gente sabe que o veículo sendo rastreado, o motorista que esta conduzindo esse veículo age de uma forma diferente. Ele acaba trafegando de forma mais segura, prevendo, inclusive, acidentes. Eles acabam tendo um pouco mais de cuidado com a condução do veículo em si. Porque nós sabemos que são trajetos longos, trajetos que demandam esse cuidado”, pondera.

Esse gerenciamento sobre o serviço é intensificado a cada ano com maior rigor e novos processos licitatórios.  “Através desse sistema a Divisão de Transportes da secretaria pode controlar os pontos de paradas e a hora de embarque e desembarque dos estudantes. Possibilita uma fiscalização eficaz dos roteiros, por manter atualizados os cadastros de estudantes e o itinerário que a empresa realiza diariamente. Permite além de uma fiscalização eficaz dos contratos, a segurança em dados para as prestações de contas com os valores aplicados nesse serviço”, explica Acácio.

Vale destacar que hoje a velocidade recomendada para os veículos que fazem o transporte escolar no município respeita o Código de Trânsito Brasileiro. Atualmente em Erechim 750 estudantes utilizam diariamente o transporte escolar disponibilizados na área rural e para a Educação Inclusiva.