PUBLICIDADE

Trânsito

Publicidade

Novas leis de trânsito para 2019 afetam ciclistas e pedestres

Atravessar a rua fora da faixa de segurança ou conduzir a bicicleta em local proibido serão algumas das atitudes passíveis de multa

Por: Paloma Mocellin
Sem título

Novas leis de trânsito para 2019. Mas desta vez as mudanças não atingirão somente os carros e motos, mas também ciclistas e pedestres. Atravessar a rua fora da faixa de segurança ou conduzir a bicicleta em local proibido serão algumas das atitudes passíveis de multa a partir de 1° de março deste ano.

Prevista para começar no ano passado, a multa para ciclistas e pedestres que andarem fora das áreas determinadas foi adiada para 1º de março deste ano. Se flagrado fora da faixa de segurança ou, o pedestre poderá pagar multa de R$ 44 enquanto o ciclista deverá arcar com R$ 130. Para os ciclistas, o valor da multa é mais alto, porque conduzir a bicicleta onde a circulação não é permitida e guiar de forma agressiva são consideradas contravenções de gravidade média.

Caso seja flagrado por autoridades ou agentes de trânsito será feita a abordagem e a multa por meio de anotação ou registro em talão eletrônico. A pessoa será identificada pelo nome completo, documento de identificação e, quando possível, o endereço e o CPF. A autuação se não paga se transformará em divida ativa.

Para o diretor de trânsito de Erechim Luiz Wesenfelder, será mais uma dificuldade para o órgão uma vez que a fiscalização para esse tipo de situação é muito difícil.  Para ele, a positividade da nova regra  só poderá ser avaliada na prática. “Certas adequações que poderão aparecer para pedestres e para ciclistas. Vamos ter que ver na prática a efetiva dessas novas regras. Isso porque já é difícil fiscalizar o transito, muito mais as pessoas. Então somente na prática para que possamos avaliar a positividade das novas regras.”, disse.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade