PUBLICIDADE

Clima

Publicidade

Pesquisa sobre regime de chuvas em Erechim é apresentado em simpósio em Fortaleza/CE

Estudos como esse servem de apoio para mapeamento de áreas para a agricultura, planejamento das atividades agrícolas ou uso e produção dos espaços

Por: Da Redação
Fotos: Divulgação
thamires caetano1

Uma pesquisa sobre a situação climática da cidade de Erechim, mais especificamente um estudo sobre as precipitações pluviais da cidade, foi apresentada no XVII Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada que aconteceu em Fortaleza – Ceará no período de 11 a 15 de junho. A pesquisa foi desenvolvida na Universidade Federal da Fronteira Sul, campus Erechim, pela acadêmica Thamires Caetano Romão, do curso de Geografia – Licenciatura, orientada pelo professor doutor Pedro  Murara.

O trabalho é resultado de uma etapa de um subprojeto de iniciação científica, “Variabilidade e tendências das chuvas no estado do Rio Grande do Sul”,  cujo objetivo é analisar a variabilidade da chuva no estado do Rio Grande do Sul, com foco na identificação de caracterizar tendências das precipitações pluviais para as diferentes mesorregiões do estado.

O estudo partiu da coleta de dados de precipitação junto ao Instituto Nacional de Meteorologia – INMET,  referente a estação meteorológica código 86954, com funcionamento a partir de outubro de 2006 no município de Erechim e foi utilizado o recorte temporal de 2007 a 2017 para as análises.
De acordo com as análises dos dados, a distribuição das precipitações mensais apresentou-se desigual, muito embora, ocorram registros superiores a 100 mm em todos os meses.

A pesquisa identificou que o mês de abril é definido pelos menores registros de precipitação (média de 102 mm) e o mês de outubro caracteriza-se pelos maiores registros (média de 181,4 mm). A estação da primavera tem os maiores registros médios de precipitação, seguida pelo verão. As chuvas para estas estações estão associadas com a atuação de Complexos Convectivos de Mesoescala – CCM’s e o escoamento da umidade da região Norte do país. O outono se caracteriza pelos menores registros de chuva, ou seja, período de menores atividades atmosféricas que passa a se alterar a partir do inverno  com a entrada de frentes frias que passam a resultar no incremento de chuvas para Erechim.

O estudo da atmosfera, por meio de determinados elementos climáticos, como por exemplo, as precipitações, serve de apoio para mapeamento de áreas para a agricultura, planejamento das atividades agrícolas ou uso e produção dos espaços, entre outros. E ainda, os estudos climáticos são de extrema importância para localidades de implantação de usinas hidroelétricas, para o turismo e, portanto, o conhecimento da dinâmica atmosférica influencia em setores produtivos, econômicos e sociais, uma vez que, visualiza-se a importância da variabilidade dos elementos do clima para a saúde humana, na prevenção de desastres naturais, como inundações, deslizamentos, alagamentos, entre outros.

 

chuva erechim

chuva erechim 1

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade