PUBLICIDADE

Cultura

Publicidade

Produtora erechinense organiza projeto de circulação de espetáculo sobre abuso e violência sexual na infância e na adolescência

As cenas de violência sexual são trabalhadas na peça de maneira simbólica, metafórica, uma opção da direção de Fabiano Tadeu Grazioli.

Por: Da Redação
teatro

Nos meses de fevereiro, março e abril de cada ano, a Dueto Produções Culturais e Artísticas Ltda., produtora cultural da cidade de Erechim/RS, organiza o projeto de circulação do espetáculo “Memórias de Nina”, que ocorre no mês de maio, compondo a programação de prefeituras e demais instituições em torno do dia 18 de maio, considerado o Dia Nacional do Enfrentamento ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A peça teatral, um monólogo, estreou em 2006, e já foi apresentado em mais de 300 cidades dos três estados da região Sul e interior de São Paulo.  Em 2020 o espetáculo completará 14 anos de atividades.

O abuso e a violência sexual na infância e na adolescência é o tema do monólogo. No trabalho da companhia, o tema é abordado de maneira delicada e sensível. O público previsto para o espetáculo (adolescentes, jovens e adultos) é envolvido por um clima lúdico para depois compartilhar o drama de uma menina que foi vítima de abuso e violência sexual intrafamiliar dos quatro aos doze anos de idade.

As cenas de violência sexual são trabalhadas na peça de maneira simbólica, metafórica, uma opção da direção de Fabiano Tadeu Grazioli, que também é responsável pela dramaturgia do espetáculo. Gabriele Schillo interpreta o monólogo com entrega absoluta, e intercala os momentos de interpretação do texto com diversas canções infantis, outra opção da direção. O cenário de Jolcinei Luis Bragagnolo é minimalista: apresenta poucos elementos e deles, na encenação, é tirado o máximo de proveito. O figurino, também, de Jolcinei, registra plasticamente elementos importantes da dramaturgia.

Para receber o monólogo em sua cidade, as instituições como Centros de Referência em Assistência Social, Centro de Referência Especializada em Assistência Social, Secretarias de Assistência Social, Secretárias de Saúde, Secretarias de Educação, escolas, entre outras, devem escrever para [email protected], dirigindo-se a Fabiano Tadeu Grazioli, que também cuida da produção do espetáculo.  Mais informações, bem como o orçamento podem ser recebidos via e-mail informado ou pelo telefone (54) 991134173.  

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade