a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Educação

Publicidade

Professor do Curso de Direito da URI tem artigo aprovado em Seminário Internacional

O evento contou com a presença de diversos pesquisadores e juristas brasileiros e estrangeiros

Por: ASCOM
Fotos: ASCOM
fabiana rafael micheli evento seminario internacional cortada

O professor Rafael Sottili Testa, do Curso de Direito da URI e doutorando em Direito, participou, no final de maio, do XVI Seminário Internacional sobre Demandas Sociais e Políticas Públicas na Sociedade Contemporânea e da XII Mostra Internacional de Trabalhos Científicos realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da UNISC (Universidade de Santa Cruz do Sul). O evento teve o patrocínio da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul) e CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e contou com uma programação voltada ao desenvolvimento da pesquisa internacional.

O artigo científico “Políticas Públicas de Autocomposición de Conflicto em la Administración Pública de Brasil” foi escrito em língua espanhola e selecionado para apresentação dentro do eixo temático “Métodos de Solução Consensual de Conflitos: Mediação e Justiça Restaurativa”.

Produzido e apresentado em conjunto com a professora doutoranda Micheli Capuano Irigaray, o estudo faz parte da investigação do grupo de pesquisa sobre “Políticas Públicas no Tratamento de Conflitos”, presidido pela Pós-Doutora Fabiana Marion Spengler e tem como objetivo um estudo referente às políticas públicas na administração pública do Brasil.

O professor Rafael Testa ainda auxiliou a coordenar o Grupo de Trabalho com eixo temático “Direitos Humanos, Controle de Convencionalidade e Proteção Multinível de Direitos”.

O evento contou com a presença de diversos pesquisadores e juristas brasileiros e estrangeiros, entre eles, Marcos Almeida Cerreda, da Universidade de Santiago de Compostela (Espanha); Pablo Schiavi, da Universidade de Montevideo (Uruguai); Alfonso Herrera García (Universidade Panamericana do México; e Cesar Landa Arroyo (Pontifícia Universidade Católica do Peru).

Segundo o Coordenador do Curso de Direito da URI, professor Plínio Rigotti, o aprimoramento dos docentes do Curso possibilita aos nossos acadêmicos uma maior interação das novas vivências dentro da pesquisa no Direito. “Nosso papel é incentivar cada vez mais a produção técnica e científica dos nossos colaboradores”, afirmou o coordenador.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade