PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Proibido levar chimarrão nos ambientes desportivos de Erechim

A decisão da polícia é motivada pela precaução de violência nos estádios e tem sido adotada em todo o estado

Por: Dhieison Cardoso
Fotos: Internet
Chimarrao mate erva-mate cuia bomba termica

A medida adotada pela Brigada Militar de Erechim de não autorizar mais a entrada dos objetos como cuia, térmica e bomba em estádios e ginásios na cidade tem levantado discussão entre os torcedores.

Algumas pessoas questionam o real motivo deste impedimento, tendo em vista que nos anos anteriores era possível adentrar com tais objetos nas partidas de futebol do Ypiranga e Atlântico.

Decisão baseada em lei

A Brigada Militar explica que a decisão é baseada no Estatuto do Torcedor e regulamentações da Conmebol e CBF, bem como a determinação já vem sendo realizada em várias cidades do estado. ”Serão vedados entrar em estádios e ginásios, objetos ou qualquer outras coisas que possam causar violência ou perigo aos torcedores, então isso é uma norma em branco e quem define quais são os objetos que vão ou não entrar são os órgãos responsáveis pela segurança.” Explicou o Capitão da Brigada Altemar Dutra.

Motivação

O motivo da proibição é a prevenção em relação a segurança dos torcedores nos estádios. Erechim não tem histórico de violência e confusão entre torcidas, mas a polícia opta pela precaução de qualquer incidente, enfatizando, ainda, a flexibilização da entrada com o chimarrão nos anos anteriores não deveria ter sido realizada. ”Existe essa vedação, se havia uma proibição e se no passado alguém em algum momento flexibilizou isso, foram pessoas que correram esse risco, e adotaram uma postura por conta em risco do posicionamento que tiveram de eventualmente uma pessoa ser ferida com arremeço de água quente, térmica e situações que pode ser utilizada uma bomba de chimarrão para perfurar o corpo de alguém – independente dos incidentes terem acontecido ou não.” Argumenta o Comandante do 13º BPM de Erechim, Major Uilson Cecconello.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade