PUBLICIDADE

Brasil

Publicidade

Projeto Mesa Brasil do Sesc precisa de doações

O projeto leva alimentos para 39 entidades do Alto Uruguai

Por: Cristiane Rhoden
Fotos: Luiz Carlos Arpini
WhatsApp Image 2019-09-11 at 13.45.59

O projeto Mesa Brasil do SESC de Erechim precisa de doações. Atualmente o programa encaminha alimentos para 39 entidades do Alto Uruguai e busca diariamente a colaboração da comunidade para manter em funcionamento uma rede de solidariedade, que integra doadores, instituições sociais e voluntários.

Um caminhão identificado com o selo Mesa Brasil percorre empresas recolhendo o que é usado para alimentar mais de três mil pessoas. Seis unidades do Grupo Master, por exemplo, fazem a entrega diária de dezenas de quilos de produtos como frutas, verduras, legumes e pães. Além disso, o projeto também trabalha no combate ao desperdício e na busca pela qualidade nutricional da população. “O Mesa Brasil vive de doações diárias. E esse é o nosso grande desafio. Todo dia estar identificando um evento que possar pedir doação de alimentos, uma empresa que tenha um excedente ou propriamente pessoas físicas que tenham interesse em doar’, explica a gerente do SESC, Sandra Mariga Bordini.

Rede de solidariedade

Na região o programa existe há 11 anos e atende entidades como o projeto “Recriando a Vida” que funciona no bairro Presidente Vargas em Erechim e atende mais de 80 crianças. Elas fazem pelo menos duas refeições diárias e contam com a sua solidariedade dos doadores. “O trabalho do Mesa Brasil é fundamental para que a gente possa dar um almoço ou lanche nutritivo para os pequenos. Contamos com essas doações da comunidade para dar seguimento a esse trabalho. Temos crianças que dependem desse alimento que nós servimos”, pondera a cozinheira voluntária da entidade, Salete Teixeira.

Quem e o que pode ser doado 

Empresas, supermercados, armazéns, padarias, indústrias ou qualquer pessoa pode fazer uma doação. E não é difícil. Podem ser doados alimentos perecíveis e não perecíveis em condições adequadas para o consumo humano e que não foram manipulados.  “Hoje mais de três mil pessoas necessitam desse complemento. Tudo que a gente usa na casa da gente pode ser doado. Não tem regra. Qualquer doação é vem vinda’, enfatiza Sandra. Você também pode fazer a sua parte. Alimente essa ideia. Informações no telefone (54) 3522-8076.

Fandango Solidário

Nesta sexta-feira, 13, o programa Mesa Brasil em parceria com a organização do Acampamento Farroupilha de Erechim realiza o tradicional Fandango Solidário. O baile que acontece no CTG Sentinela da Querência será animado pelo Grupo Cordeona. A entrada são cinco quilos de alimento.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade