PUBLICIDADE

Cidade

Publicidade

Servidores públicos protestam em frente a prefeitura de Erechim

Categoria não descarta possibilidade de greve geral nas próximas horas

Por: Cristiane Rhoden
Fotos: Cristiane Rhoden
greve servidores Erechim.2jpg

Servidores públicos municipais de Erechim protestaram na manhã desta quarta-feira, 11, em frente a Prefeitura. A mobilização, segundo o Sindicato dos Municipários de Erechim – SIME- é para  reivindicar o pagamento de dois meses de auxílio transporte que estão atrasados e ainda a manutenção da legislação aprovada em janeiro deste ano que regulamenta o benefício.

Segundo o presidente do SIME, Vianei Robinson Mueller, a Administração municipal não está cumprindo uma lei do próprio Executivo. “Nós sempre conversamos com este governo, inclusive, sempre tivemos diálogo aberto com o prefeito Luiz Francisco Schmidt, mas agora ele não está pagando esse auxílio que é de extrema importância para muitos funcionários. Tem gente que não tem condições de se deslocar, depende do vale-transporte. Por isso estamos protestando. Precisamos o pagamento imediato do que está atrasado”, declara Vianei.

A categoria não descarta novas mobilizações nas próximas horas. “Precisamos que a Lei aprovada em janeiro seja cumprida. O Executivo já informou que vai enviar a Câmara de Vereadores um novo projeto de lei do auxilio transporte. Nós queremos o que é nosso de direito. Vamos definir juntos novas mobilizações caso nossos objetivos não sejam atendidos. Um greve geral não está descartada”, enfatiza o representante do Sime.

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade