a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Educação

Publicidade

Sicredi UniEstados apoia a equipe URI Baja Team na 17ª Competição Baja SAE Etapa Sul 2019

A equipe da URI conta com 20 acadêmicos das engenharias Mecânica, Elétrica e de Produção

Por: Assessora de Comunicação e Marketing Sicredi UniEstados Erechim
Fotos: Divulgação Sicredi UniEstados Erechim
15.07 (165)

O apoio da Sicredi UniEstados está possibilitando que a equipe URI Baja Team participe da 17ª Competição Baja SAE Etapa Sul 2019. As provas já iniciaram, mas o ápice do evento acontecerá de 15 a 17 de novembro, na Universidade de Caxias do Sul. Neste ano, a equipe da URI está preparando um novo protótipo, que consiste na evolução do que foi levado na última competição, em 2013.  “Nós estamos nos concentrando em desenvolver e otimizar os projetos com base no conceito de melhoria contínua, atentando para o regulamento da competição, que é extremamente rígido”, afirma o professor do Curso de Engenharia Mecânica e um dos orientadores do Projeto Baja da URI Erechim, Arthur Beskow.

O programa Baja é um desafio lançado aos estudantes de engenharia que oferece a chance de aplicar na prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula, visando incrementar sua preparação para o mercado de trabalho. “Ao participar do programa Baja SAE, o aluno se envolve com um caso real de desenvolvimento de um veículo off road, desde sua concepção, projeto detalhado, construção e testes”, destaca o professor do Curso de Engenharia Mecânica da URI e coordenador do projeto, Oséias Esmelindro.

A equipe da URI conta com 20 acadêmicos das engenharias Mecânica, Elétrica e de Produção. Outro importante atrativo da competição é que as equipes vencedoras da etapa nacional são convidadas a participar da etapa internacional da prova nos Estados Unidos.

FICAR ENTRE OS DEZ PRIMEIROS

O objetivo do grupo de alunos e professores da URI Erechim é ficar entre os dez primeiros lugares. “O projeto é bem desafiador , porque trabalhamos em diferentes frentes da engenharia, gerenciando todo o ciclo de vida do produto ”, salienta o capitão da equipe, o aluno Diógenes Dal Magro. A vice-capitã, Renata de Souza, assegura que é possível ficar entre os dez primeiros, que é a meta da equipe. “Nas etapas preliminares, que aconteceram até agora, e estamos competindo em igualdade com outras universidades que já têm tradição neste tipo de competição”, destaca Renata.

FERRAMENTAS PARA ENCARAR O MERCADO DE TRABALHO

Para o coordenador do Curso de Engenharia Mecânica da URI Erechim, professor Marco Antonio Sampaio Ferraz de Souza, a participação dos estudantes significa um divisor de águas na formação acadêmica, pois é uma atividade capaz de inserir o aluno no mundo de projetos, do trabalho em equipe, da tomada de decisões, que são ferramentas que lhe dão habilidades para encarar o mercado de trabalho. “Também nos possibilita descobrir novas lideranças, identificar o líder proativo e incentivá-lo”, destaca. “Nosso objetivo é agregar na formação do futuro engenheiro e que o projeto abra portas quando os alunos forem para mercado de trabalho”, enfatiza o coordenador do Curso, Marco Antonio.

APOIO É FUNDAMENTAL

Todas as equipes que participam da competição são financiadas pelas próprias instituições de ensino e por patrocinadores. O orçamento restrito é um dos grandes desafios enfrentados, por isso, a equipe da URI reforça a importância do apoio financeiro da Sicredi UniEstados e de outras empresas patrocinadoras. “Sem esse apoio, nada seria possível”, asseguram os alunos agradecidos.

Para a Sicredi UniEstados, firmar compromissos de parceria com estudantes contribui com o seu crescimento e formação, além de reforçar a preparação para o mercado de trabalho. O Sicredi tem os seus valores voltados ao benefício da sociedade como um todo e o apoio às equipes acadêmicas em competições regionais e nacionais vem no sentido de poder contribuir com a educação e na divulgação do nome da cidade e da região.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade