a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Região

Publicidade

Símbolo dos Festejos Farroupilhas, Chama Crioula chega em Charrua

O ritual de acendimento da Chama Crioula, que é repetido todos os anos desde 1947, é um dos momentos mais importantes do tradicionalismo gaúcho

Por: Assecom
Fotos: Divulgação
charrua

Depois de percorrer mais de 200 quilômetros desde Iraí, onde foi acesa no dia 10 de agosto, a Chama Crioula chegou em Charrua na manhã desta segunda-feira (03/09). A centelha do fogo foi conduzida por integrantes do Grupo de Cavaleiros “Os Desgarrados do Pampa”, até os chefes do Executivo Municipal.

O grupo realizou a fusão da chama durante a 5ª Cavalgada das Águas, que este ano ocorreu em Vila Lângaro, percorrendo localidades do município. O evento, realizado anualmente, contou com a participação de grupos tradicionalistas de cidades da região, além de Charrua e Vila Lângaro, Tapejara, Santa Cecília do Sul e Marau.

A centelha permanecerá no Galpão Campeiro, construído ao lado da Prefeitura, até o fim dos Festejos Farroupilhas de Charrua, que serão realizados de 13 a 20 de setembro, incluindo mateadas e eventos tradicionalistas.

A chama

O ritual de acendimento da Chama Crioula, que é repetido todos os anos desde 1947, é um dos momentos mais importantes do tradicionalismo gaúcho. A cerimônia marca o início das comemorações do Dia do Gaúcho no Estado. De acordo com o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), o ato começou quando um grupo de jovens retirou uma centelha da pira da pátria e conduziu do Parque Farroupilha até o Colégio Júlio de Castilhos, em Porto Alegre, iniciando um movimento de resgate e preservação dos usos e costumes gaúchos que também impactou na criação do MTG.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade