- Atmosfera On.line - https://atmosferaonline.com.br -

Sinalização de trânsito deficiente, incorreta ou inexistente põe em risco usuários do trânsito em Erechim

O Código de Trânsito Brasileiro define a sinalização de trânsito como um conjunto de sinais e dispositivos de segurança colocados na via pública com o objetivo de garantir sua utilização adequada, possibilitando melhor fluidez no trânsito e maior segurança dos veículos e pedestres que circulam por ela.

Erechim tem aproximadamente 70 mil veículos registrados no município e esse número tem aumentado significativamente nos últimos anos. Aliado a esses números a sinalização de trânsito deficiente, incorreta ou inexistente tem gerado riscos a população.
Em alguns lugares visitados pela reportagem do Jornal Atmosfera foram constatadas a ausência de placas de sinalização a exemplo da Rua Léo Neuls, onde no local existe um redutor de velocidade e não há a sinalização de advertência. Já na Rua Tiradentes, existe a sinalização, porém, falta o obstáculo físico. Em outro ponto da mesma avenida a placa indica um redutor de velocidade do tipo lombada, porém o que existe é um estreitamento de pista. Na rua Itália esquina com a rua Passo Fundo, local que já registrou inclusive acidentes com morte, não há nenhum tipo de sinalização indicando o estreitamento de pista existente no local.
O Diretor do Departamento Municipal de Trânsito Luis Weschenfelder, explica que a sinalização na área de circunscrição de abrangência do estacionamento rotativo pago é de responsabilidade da empresa que detém a concessão. “Temos que fazer a sinalização em todo o restante da cidade instalando e dando manutenção a sinalização que a gente tem”. Paulo destaca que a equipe é reduzida, mas que o departamento está conseguindo atender toda a demanda.
Outra situação de risco encontrada pela reportagem do jornal Atmosfera são os semáforos que frequentemente confundem os motoristas. Luzes vermelhas e verdes acesas simultaneamente foram flagrados em pelo menos dois locais. Na esquina da Avenida Comandante Kraemer com a Rua Valentim Zambonato e no cruzamento da Rua Silveira Martins com Euclides da Cunha.
A respeito dos semáforos Weschenfelder informou que a manutenção é realizada pelo setor elétrico da prefeitura de Erechim. “Esses semáforos que tem uma tecnologia mais antigas estamos frequentemente fazendo licitações para substituir esses equipamentos”, disse.
Luis Weschenfelder alertou que a população deve acionar o Departamento de Trânsito através do número 153 sempre que for necessário. “Nosso número está à disposição para toda a parte de trânsito como estacionamento irregular, acidentes sem lesões corporais e todo o setor de sinalização viária” concluiu.