PUBLICIDADE

Artigos

Publicidade

Toda dor é sagrada!

Confira a mensagem de fé

Por: Pe Maicon Malacarne
maicon

A dor carrega uma experiência individual. É muito difícil para quem está “de fora”, avaliar a dor do outro. Diante da dor, a reverência! Diante da dor, o profundo respeito! Tenho rezado muito essa sacralidade da dor. A dor e o sofrimento como “lugares” que Deus fala conosco.

Há dores diferentes. Uma fratura é uma dor sentida por uns mais, por outros menos. Quem nunca “quebrou” nenhum osso, não sabe sobre essa dor. O desânimo e a depressão são outras dores que podem até ser “invisíveis” a quem está do outro lado. A morte de um familiar ou amigo também é uma experiência de dor profunda. Cada um reage de uma maneira. Há a dor da fome. A dor da solidão. A dor da falta de esperança e ver o projeto de vida fracassado.

Toda dor é sagrada! Repito: diante da dor, o maior respeito! Se possível até, diante da dor, o silêncio, a aproximação e o consolo. Diante da dor, mais mão estendida do que discurso pronto. Mais braços abertos…

Ninguém está autorizado a avaliar a dor de outrem. Ninguém tem direito de falar: para com essa frescura! isso é besteira! isso é coisa da sua cabeça! isso é porque você é fraco! Nossos “achismos” tem destruído vidas.

Estamos nos aproximando de setembro, chamado de mês da prevenção ao suicídio. Já escrevi outras vezes que ando muito tocado sobre esse assunto. Segundo a Organização Mundial da Saúde, 9 em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. Isso precisa causar um peso de consciência quando falamos besteiras a respeito desse tema.

Diante da dor, respeito. O maior respeito do mundo! Nada de julgamentos. Nada. E com o respeito mais reverente, a capacidade de dizer: “você não está sozinho… estamos juntos”!

Pe. Maicon A. Malacarne

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade