PUBLICIDADE

Artigos

Publicidade

É possível trabalhar, conversar com os amigos e ter horas de lazer sem Internet?

De acordo com um levantamento, mais de 50% dos brasileiros dizem que não conseguem ficar um dia sequer longe dos aparelhos

Por: Dhieison Cardoso
Fotos: Internet
Internet Conexao Pessoas

O resquício de Internet começou em 1988 no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), no Rio de Janeiro.

A conexão era extremamente difícil e aconteceu com uma universidade americana Maryland acesso via Bitnet, através de uma conexão de 9.600 bits por segundo. Era possível trocar apenas e-mails e pequenos arquivos.

Ficar sem Internet? 

Para falarmos se é possível nos dias atuais de trabalhar, interagir com amigos e ter horas de lazer, precisamos entender um pouquinho sobre retrospecto e história dessa tecnologia no Brasil.

Resquícios de Internet

A primeira empresa a ser considerada de forma genérica uma provedora privada de Internet e não estar ligada a universidades foi a AlterNex.

1989 – Foi criada a Rede Nacional de Pesquisa, com o apoio do Governo, o órgão criou a primeira infraestrutura de conexão com alcance nacional.

1990 – Brasil entra na NSFNET, uma rede científica dos Estados Unidos, considerada um dos ”Backbones” iniciais da Internet (Backbones: termo utilizado para identificar a rede principal pela qual os dados de todos os clientes da Internet passam.)

Depois surgiram alguns domínios/sites brasileiros e a primeira conexão com a rede mundial através de protocolos padrões com a Rede Mundial de Computadores.

A grande virada da Internet

1994 – Foi o ano da revolução. A Embratel lança o serviço experimental de Internet comercial no Brasil, iniciado com 5 mil usuários.

1995 – Empresas privadas começam a realizar a distribuição da conexão, porém a Embratel quem autorizava a rede aos provedores.

As relações humanas eram diferentes

Ainda na década de 90 era muito limitado a conexão com pessoas que estavam distantes. Até mesmo os telefones eram de difícil acesso.

Mas, com a expansão da Internet se imaginava que algo viria para facilitar e mudar as relações humanas e a maneira como nos comunicamos.

1996 – Mais de 120.000 pessoas tinha acesso a Internet e apenas 851 domínios registrados no Brasil.

1998 –  Já são mais de 2,1 milhões de usuários no país. Telebras e Anatel são privatizadas.

A febre das redes sociais e o acesso diário à Internet começa

2004 – Começa a viral das redes sociais como Orkut e MSN. No mesmo ano a conexão para dados móveis 3G  foi lançada pela Operadora Vivo.

A partir desse momento as coisas mudaram de proporção. As pessoas ao chegar em suas casas, iam direto para o computador dar aquela olhadinha na sua comunidade do Orkut e ‘Chamar a atenção’ dos amigos no MSN.

Nesse momento, muitas casas começaram a ter computadores. Entre 2005 e 2009 o número de usuários de Internet cresceu mais de 75%.

2008 – São registrados mais de 56 milhões de usuários.

Depois desse pequeno retrospecto sobre à Internet, a pergunta que todos fazem é, nos dias atuais é possível trabalhar, conversar com os amigos e ter horas de lazer sem internet?

As pessoas conseguiriam ficar dias sem conexão? Essa pergunta deve ser feita e respondida por nós mesmos. Estamos tão acostumados com tudo de fácil acesso e com instantaneidade de tarefas graças ao Smartphone e ferramentas que necessitam de Internet.

internet trabalho estudante digitandoNo trabalho

Muitos trabalhos dependem integralmente ou parcialmente da Internet, com algumas exceções, mas essas, ainda ficariam limitadas pela comunicação entre colegas de equipe e outras formas de contato com terceiros.

 

 

roda de amigos celular vicio internetAmigos

Parece que desaprendemos a marcar encontros e até mesmo compromissos pessoalmente. Quando alguém fala de marcar algo em conversa pessoal, automaticamente falamos: ”Me manda uma mensagem pra gente combinar.” Todavia, é possível sim conversar pessoalmente, marcar encontros, sair, chamar um amigo, sem o uso de aplicativos de mensagens e ligações. Porém, estamos tão adaptados e desaprendemos algumas coisas comuns de antigamente.

iphone aplicativos apps internet 4g rede conexaoLazer

Nossos momentos de lazer ‘da modernidade’ estão bastante limitados sem Internet. A maioria das pessoas descansa ou relaxa assistindo algo de entretenimento em plataformas de Streaming como Netflix, Amazon Prime Video, e GloboPlay. Sem falar das redes sociais que perdemos em média 150 minutos por dia navegando.

Uma pesquisa do Ibope vem para comprovar como estamos realmente à mercê da Internet. De acordo com o levantamento, mais de 50% dos entrevistados dizem que não conseguem ficar um dia sequer longe dos aparelhos e que mais da metade dos brasileiros não consegue ficar 1 dia sequer sem celular, quem dirá Internet.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade