PUBLICIDADE

Brasil

Publicidade

Três equipes do IFRS na Shell Eco-marathon Brasil no Rio de Janeiro

Estudantes de Erechim estarão participando da competição

Por: Assessoria de Imprensa IFRS
Fotos: Divulgação IFRS
IFRS - Shell Eco [IFRS Divulgação] (2)

Entre os dias 16 e 19 de setembro de 2019, equipes dos campi de Erechim, Farroupilha e Rio Grande do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) participarão da quarta edição Shell Eco-marathon Brasil. A competição de eficiência energética que receberá jovens de todo o Brasil e da América Latina nas categorias Etanol, Gasolina e Bateria Elétrica, disponíveis para as classes de veículo Protótipo e Conceito Urbano. A maratona ocorrerá nos Armazéns 2 e 3 do Pier Mauá, no Centro do Rio de Janeiro.

As equipes do IFRS somam 30 estudantes e cinco servidores do IFRS que participam nas três categorias distintas de protótipos: a Drop Team (Erechim) – gasolina, a Lanceiros Negros (Farroupilha) – etanol e a IFeco (Rio Grande) – bateria elétrica. Os times embarcam rumo ao Rio de Janeiro neste sábado, 14 de setembro, com um objetivo em comum: aperfeiçoamento na formação profissional, ganho e aprimoramento de conhecimentos técnicos, trabalho em equipe, garantir bons resultados e, quem sabe, o caneco.

Os vencedores da etapa brasileira garantem participação na Shell Eco-marathon Americas 2020, maior competição de eficiência energética do mundo e que ocorre anualmente nos Estados Unidos.

Conheça as equipes do IFRS

Drop Team do Campus Erechim

A equipe vai em busca do bi-campeonato na categoria protótipo a gasolina, e estará representada por nove estudantes do curso de Engenharia Mecânica e dois professores. A preparação para competição começou em abril, quando retornaram da competição ocorrida nos Estados Unidos.

Segundo o capitão da equipe, Jean Radeski, “a expectativa maior é de obter resultados relevantes, que comprovem o empenho de todos os integrantes da equipe, que trabalharam para que tudo fosse concluído, testado e finalizado”. Ele complementa: “com todas as mudanças feitas, esperamos conseguir bater a nossa própria média, que é de 543 km/L, e seguir como campeões do campeonato nacional. O clima entre os integrantes da equipe é de tensão, ansiedade, nervosismo, confiança, entusiasmo e esperança”, finaliza.

Lanceiros Negros do Campus Farroupilha

Este é o primeiro ano da equipe que participará na categoria protótipo etanol. São 10 estudantes dos cursos de Engenharia de Controle e Automação e Engenharia Mecânica e um docente. A preparação para competição teve inicio em fevereiro junto com o ano letivo.

Para o coordenador de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação do Campus Farroupilha e orientador do projeto, Rafael Corrêa, a expectativa não poderia ser maior, pois esta é a primeira vez que a equipe participa da competição: “a equipe está bastante integrada e dedicada. Atualmente estão trabalhando em quatro turnos, sete dias na semana, para a finalização do carro. Sabemos que a competição é decidida no detalhe, então não estamos poupando esforços para fazer bonito”, afirma.

IFeco do Campus Rio Grande

A equipe participará na categoria protótipo bateria elétrica e estará representada por 11 estudantes dos cursos de Engenharia Mecânica, técnico em Fabricação Mecânica e Automação e dois professores, sendo um o orientador do projeto. Com quatro anos de existência, a equipe está se preparando para participar desta maratona há sete meses.

Conforme a líder do grupo, Victória Reyes, a equipe está bem ansiosa para essa experiência: “muitos nunca foram à Shell ou até mesmo, ao Rio de Janeiro. Tem gente fazendo contagem regressiva nas redes sociais, tem gente que avisa no grupo quantas horas faltam. Todos queremos muito voltar com o caneco”, comenta animada.

Para o orientador do projeto, Serguei Nogueira, participar de um evento como o Shell Eco-marathon Brasil proporciona aos estudantes trabalho em equipe e muito mais do que conhecimento técnico. O desenvolvimento pessoal, profissional e o companheirismos são questões importantes que “evoluem” durante esses dias de “imersão”.

Edição 2018

Na edição de 2018, a equipe Drop Team, do Campus Erechim, conquistou o primeiro lugar entre os 19 competidores da categoria de combustão interna a gasolina. O veículo projetado pelo grupo percorreu 424,9 quilômetros com apenas um litro de combustível, sendo o mais eficiente do país no ano, garantindo participação na Shell Eco-marathon Americas (EUA), maior competição de eficiência energética do mundo. A equipe alcançou a marca de 543 km/L de gasolina, conquistando a terceira colocação na categoria combustão interna a gasolina, ocorrida entre os dias 3 e 6 de abril de 2019, em Sonoma, Califória (EUA).

Sobre a competição

A competição Shell Eco-marathon desafia estudantes de todo o mundo a projetarem, construírem e pilotarem veículos mais eficientes em termos de energia. A iniciativa teve início em 1939, quando funcionários da companhia nos EUA fizeram uma disputa sobre quem conseguiria percorrer a maior distância possível com a mesma quantidade de energia. Em 1985, a competição se tornou oficial. Desde então, ela se expandiu para outros dois continentes, Ásia e Europa, incluindo categorias em diversos tipos de combustíveis. Saiba mais acessando o site do evento

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade