a rádio web da cidade

AO VIVO
Baixe já seu app
PUBLICIDADE

Saúde

Publicidade

Unimed e URI unem forças para fomentar a inovação em saúde

A partir de agora, as equipes se reunirão periodicamente para trabalhar em seus protótipos

Por: Ascom
Fotos: Ascom
DSC_0078_edit

Um desafio instigante mobiliza duas grandes instituições de Erechim. Unimed e URI concentram esforços para desenvolver, em cinco meses, soluções inovadoras na área da saúde. A iniciativa parte do Innovation Day, evento realizado pela Unimed Erechim, com o suporte da equipe da Eretz.bio, incubadora de startups mantida pelo Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo.

O lançamento do projeto aconteceu dia 3 de junho, no Centro de Qualidade de Vida Unimed. Por quatro dias, 10 grupos multidisciplinares foram capacitados para definir, inventar e implementar soluções para oportunidades manifestadas pela cooperativa médica, relativas à gestão de polifármacos; telemonitoramento; serviços de nutrição e dietética; coordenação do cuidado; centralização de dados e agendas. A apresentação dos projetos ocorrerá em outubro, no salão de atos da URI.

De acordo com o presidente da Unimed Erechim, Luiz Felipe Leães, o objetivo do Innovation Day, é criar, em parceria com a URI, um ambiente propício à inovação, capaz de gerar valor para a cooperativa, universidade, acadêmicos e sociedade.

O diretor geral da URI Erechim, Paulo Giollo, destaca que a parceria tem potencial de ganhos para toda a região. “Estamos encarando esse desafio como uma grande oportunidade para nossos jovens e professores. Acreditamos que a união entre universidade, cooperativas e empresas é muito valiosa”, reforçou.

Em viagem aos Estados Unidos, o diretor de Inovação e Gestão do Conhecimento do Hospital Israelita Albert Einstein, Cláudio Terra, enviou um vídeo. Terra fala sobre Design Thinking, metodologia utilizada pelos instrutores Denise Pithan e Julio Frias, no Innovation Day. “O Design Thinking permitirá olhar a situação, problema ou oportunidade a partir da lógica do paciente e das demais partes interessadas, para que soluções não-óbvias sejam desenvolvidas”, explica.

A partir de agora, as equipes se reunirão periodicamente para trabalhar em seus protótipos. Até outubro, outros cinco encontros acontecerão. Além de falar do status de cada projeto, as reuniões contarão com palestras e dinâmicas. Cada grupo, composto por nove estudantes e professores, dispõe de um facilitador da Unimed Erechim, responsável por mediar a comunicação entre a cooperativa e as equipes.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade