PUBLICIDADE

Salto Alto

Publicidade

Você esta pronto para fazer uma lipoaspiração?

Tire todas as suas dúvidas sobre a lipoaspiração com a Nutricionista Angela Dorigoni

Por: Drª Angela Dorigoni
lipo Angela dorigoni

A gordura subcutânea não se apresenta de forma uniforme na extensão do corpo, a medida de sua espessura se torna relevante, torna-se mais visível, localizada em algumas áreas específicas dependendo do gênero ou características individuais, e teoricamente mais “difícil” de eliminar.
A Sociedade Brasileira e Internacional de Endocrinologia definem a obesidade como o aumento do peso corporal de 15-20% acima do peso ideal para os homens e de 25-30% acima do peso ideal para as mulheres, à custa do tecido adiposo e SALIENTA que a obesidade é contraindicação para cirurgias plásticas, tanto que o Conselho Federal de Medicina (CFM) estabeleceu os limites de segurança a serem respeitados nos procedimentos que são de 5% até 7% do peso corporal, sendo que nenhuma das técnicas deve ultrapassar 40% da área corpórea total.

A lipoaspiração não deve ser uma técnica emagrecedora, e os limites impostos são imprescindíveis para que não ocorra sangramento, caracterizado por grande perda hidroeletrolítica e lipólise do procedimento.
Por menor que seja a intervenção cirúrgica, não devem ser subestimadas as alterações metabólicas decorrentes do procedimento, dos medicamentos administrados e das mudanças na composição corporal. Processos comuns após procedimentos cirúrgicos como constipação, fraqueza, perda de tecido muscular, podem ser evitados com acompanhamento nutricional, visto que prevê e reverte carências nutricionais, diminui consideravelmente a possibilidade de complicações e antecipa o resultado visivelmente em cerca de 3 meses.
Fique claro que o “planejamento” para que o procedimento seja eficiente e satisfatório, é o mais importante antes da submissão à cirurgia. Para isso, deve-se levar em conta alguns fatores:

👉 O peso corporal está ideal para que a quantidade estimada de gordura a ser retirada seja suficiente?
👉 Seu estado de saúde verificado por exames bioquímicos está em perfeita ordem?
👉 A nutrição está adequada, no sentido de suficiência de vitaminas, minerais e outras substâncias importantes na recuperação e cicatrização?
👉 Sua dieta está ajustada, de modo que prepare para a cirurgia e amplifique o resultado pós operatório?
👉 Existe um equilíbrio de macro e micro nutrientes na sua dieta, necessários para a evolução rápida e positiva no pós operatório, revertendo os efeitos deletérios da inflamação e do estresse oxidativo, proporcionando maior capacidade retrátil e mantendo o turgor da pele?
👉Olhe-se no espelho e verifique áreas que não serão envolvidas no procedimento como: rosto, pescoço, colo e perceba se estão refletindo o que você espera, porque nestas áreas não haverão mudanças e talvez frustre o resultado final.

angela dorigoni

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Publicidade